31.8.08

Formatura da Ingrid


A Ingrid reinou absolutamente linda! Nos comovemos com a homenagem que fez aos seus pais...
Aprendemos a admirar e a querer bem esta guriazinha cheia de personalidade e atitude -
uma das melhores amigas da Kika, desde o início da faculdade de Direito!
.

A Michele e a Lídia se formaram juntas e se reencontraram na festa da Ingrid!
.

Recepção perfeita. Tudo muito lindo, com a cara da dona da festa! Muitas rosas vermelhas, luzes, velas, brilhos, champanhe... Jantar delicioso! Uma cascata de chocolate indescritível! Tivemos a companhia da Michele, e dos pais dela, todos de São Lourenço do Sul, como a formanda!
.

Alguns momentos de carinho explícito, brindes e morangos, cobertos de chocolate! :)
.

.

Mais alguns detalhes... Tudo deslumbrante! Perfeito!


video
Tava muito bom de dançar! Tinha até música do Gujo!

30.8.08

31 de agosto, Dia do Blog :)



Instruções para participar do Blog Day, amanhã:

1 - Encontre 5 blogs que você pretende indicar;
2 - Notifique os donos dos blogs que você os indicará no Blog Day;
3 - Escreva uma pequena descrição e coloque link para cada blog;
4 - Escreva o BlogDay post no dia 31/08;
5 - Coloque a tag do Blog Day e indique o link para o site divulgador.


### Infelizmente acabei não participando, então deixo o link para um outro Blog Day, aqui do Roccana!
Aproveito para incentivar várias pessoas que eu adoro e que sempre comentam, aqui, a criarem seus blogs! Deixem a preguiça de lado, as dúvidas de português, as dificuldades com a internet... Tudo isso não deve ser motivo para deixarem de escrever!
.
(Viu, Silvinha? Viu, Luciane? Alô, Joaquim!! Aguardo os blogs de vocês!
Oi, Renata! Bota o "Cantinho da Rê" para funcionar!!)

6 Fotos




Andando por aí, descobri um projeto destacando jovens e talentosos fotógrafos de todo o mundo.
Pelo que pude entender, é assim: cada artista contribui com seis fotografias da pessoa que é mais importante para ela, tiradas ao ar livre num cenário natural. (Em alguns casos, mais de uma pessoa!)
Podemos observar como estas pessoas podem inspirar esses artistas, e também as diferenças e semelhanças nas fotografias ou o que cada um valorizou dentro do mesmo enquadramento.

Fotos muito interessantes! Conheça: The Ones We Love!

Finalizando as "100 Coisas Sobre Mim"!

.
√ 61. Não sei comprar nada com alguém do meu lado. Explicando melhor: não gosto de fazer compras com amigas. Bloqueio geral! Prefiro escolher, experimentar, decidir se compro ou não, sozinha.

√ 62. Aliás, comprar roupas e sapatos é muito chato. Raramente tenho prazer nisso! Ir ao mercado, então, é um tormento! Tem coisa mais chata do que encher um carrinho com arroz, açucar, café??

√ 63. Aprendi a dirigir com 14 anos. E tirei minha carteira 10 dias depois de completar 18 anos. Sempre viajei sozinha e, depois, com meus filhos pequenos, até que passei muitos anos sem fazer isso. Quando separei, precisei pegar minha mala e botar o pé na estrada, sozinha, de novo. Precisava constatar que ainda tinha autonomia, que poderia fazer as minhas coisas sem depender de ninguém.

√ 64. Tô aprendendo a viajar com malas cada vez menores. Só o básico.

√ 65. Sou boa ouvinte e sei guardar segredos, confidências.

√ 66. Sou descoordenada, desajeitada. Tenho dificuldades com alguns trabalhos manuais. Acho que é porque não fiz o Jardim de Infância!! (Lembra, Thelma?)

√ 67. Fiz Exame de Admissão para entrar no Ginásio e pulei o 5º ano Primário. (Só vai entender isso quem começou a estudar antes de uma famosa "Reforma do Ensino"!)

√ 68. Cursei a Faculdade de Direito, em Santa Maria. Me formei em 1980, com 22 anos recém feitos.

√ 69. Nunca tive uma vocação, uma ambição profissional, um talento explícito! Sempre preferi ficar em casa, ser "do lar", cuidar meus filhos. A cobrança veio sempre muito forte. De todo o lado...

√ 70. Confesso que não abro emails com apresentações em PowerPoint. No GMail tem a opção de exibir como html ... então dou uma espiada, se estiver com tempo.

√ 71.Sempre adorei jogar canastra, de dupla! Mas com as regras levadas a sério e sem trapaças!

√ 72. Sou apaixonada por rio, cachoeira, água doce. Ainda vou morar perto de um riacho, com lugar para tomar banho e pescar!

√ 73. Adoro café da manhã de hotel. Aliás, adoro comer na rua. Mal saio de casa, já fico planejando um capuccino, um suco... O esquisito é que sempre que volto num restaurante minha tendência é sentar na mesma mesa e pedir o mesmo prato! Que coisa...

√ 74. Sou lenta para as coisas. Não gosto de mudanças muito rápidas! Fui a última pessoa que conheço (?!) a ter um celular. Nunca uso roupas da moda. Como tudo anda muito provisório, muito descartável, fico aflita! Me sinto cada vez mais desconectada. Não, ultrapassada. Também não. Sei lá... Me sinto à margem. Diferente. Acho que é isso.

√ 75. De vez em quando eu faço listinhas de coisas que preciso fazer, para não esquecer. Mas quase sempre, esqueço da lista.

√ 76. Já fiz regressão. É maluco. Até hoje não entendi direito aquelas lembranças... Mas é muito forte.

√ 77. Já cantei em coral e fiz aulas de piano. Agora, sempre que lembro, canto no videokê e é muito divertido ter todas aquelas músicas para acompanhar!

√ 78. Beijo demorado, abraço apertado, dançar bem juntinhos... Namorar é uma delícia!

√ 79. Só tive três namorados - esta é toda a minha experiência nas coisas do amor! Fico impressionada com quem se apaixona e desapaixona com facilidade, com quem namora um monte de gente!

√ 80. Acho que conhecer alguém para namorar dá "um trabalho"! Contar tudo, explicar tudo...

√ 81.Nunca gostei de acordar cedo. Quando isso era necessário, me "levantava" na hora marcada, mas só "acordava" algumas horas depois! Heheheheh!

√ 82. Aliás, levantar cedo é sempre difícil, independentemente da hora em que ia dormir. Então nunca dormi cedo ou deixei de aproveitar a noite porque teria de levantar cedo no dia seguinte.

√ 83. Não tem coisa melhor do que cheirar o cabelo dos meus filhotes!

√ 84. Só eu cuidei dos meus filhos. Ninguém, além de mim, deu papinha, trocou fraldas, deu banho...

√ 85. Quando eles eram pequenos, literalmente esqueci da vida! Eles viraram minha prioridade, meu trabalho, meu lazer, minha felicidade!

√ 86. Tive de fazer terapia para aprender a não ser tão obsessiva, tão controladora, tão exigente, tão supermãe! Heheheh! Até hoje preciso me esforçar para deixá-los livres, autônomos! Ainda bem que eles são!

√ 87. Sonho em fazer uma viagem bem linda com meus filhos. Vários dias num país diferente, olhando tudo, caminhando muito, descobrindo coisas...

√ 88. Tenho duas tristezas imensas: ter perdido meu irmão mais moço num acidente estúpido, quando ele tinha apenas 40 anos. E ver a minha mãe numa depressão interminável (que é anterior ao acidente), aparentemente incurável, desinteressada de tudo que não seja ela própria. Passa o dia inteiro se observando, achando que vai morrer, que não vai conseguir comer, ou dormir, ou tomar banho. Quer controlar todo mundo e se queixa o tempo todo... Não a reconheço mais. Ao mesmo tempo ela ela está lúcida, lembra tudo, entende tudo o que acontece à sua volta, mas não reage. É um mistério... Onde foi parar a "essência" da Dona Célia?

√ 89. Me assusta muito, esta coisa da sanidade mental, da possibilidade de perder o contato com o mundo exterior. De me tornar um peso, um motivo de tristeza para meus filhos. É isso que me move, me motiva, me empurra para a vida, me faz observar o lado bom das coisas!

√ 90. Tem dias que tenho necessidade absurda de sol, de calor, de estar dentro d'água! Fico querendo banho de banheira, ou sonhando com uma piscina de água morna... Mergulhar, flutuar, me soltar, esquecer da vida, do peso do meu corpo!

√ 91. Procuro não julgar as pessoas, não me envolver. Descobri que, na medida em que amadurecemos, entendemos cada vez mais e melhor os que são diferentes, os que se comportam de outro jeito. Acho isso fascinante!

√ 92. Talvez, por isso mesmo, eu seja muito transparente. Não gasto meu tempo nem energia tentando aparentar o que não sou! Descobri que isso facilita enormemente a minha vida e a minha relação com as pessoas. Não crio falsas expectativas, não prometo o que não posso cumprir, portanto não frustro ninguém!

√ 93. Aprendi a dizer "não". Na medida do possível, faço só o que tenho vontade! Estou longe de ser a "mãe abnegada", a dona de casa de dedicada, àquela que se sacrifica em nome da família! Eu, hein??

√ 94. Tenho um lado romântico-brega assumido! Do tipo que ouve as músicas antigas do Roberto Carlos, lê Júlia e Sabrina e adora festas de casamento e bailes de debutantes! A-do-ro!

√ 95. Nunca gostei de baladas, de agitação, de música alta! Gosto é de barzinho, muito papo, roda de amigos, música suave...

√ 96. O problema desses lugares é o cigarro! Não me incomodaria se minha roupa e meu cabelo não ficassem com cheiro de cinzeiro! Argh!! E é uma das coisas que acabam me dando dor de cabeça! Sem falar que é muito esquisito o ato de fumar! É feio, mesmo! Heheheh! Outra coisa abominável é palitar os dentes. Nem gosto de mencionar...

√ 97. Ando com mania de protelar as coisas, deixar para depois! Preciso me policiar!

√ 98. Não tô me sentindo nada bem com os 20 kg que ganhei nos últimos 18 meses! Preciso mudar minha alimentação e hábitos! Urgente!

√ 99. Fica muito claro, na medida em faço esta lista, o que preciso fazer para ficar mais feliz: perder peso, me desfazer das tralhas, mudar alguns hábitos, ficar mais leve.

√ 100. Adoro este blog e as coisas que ele me proporciona! (Entre elas amigos, alegrias, aprendizado, troca...)

29.8.08

O "Vento Norte"!!


Vista do 2º andar do Hotel Itaimbé / Imagem daqui

"Santa Maria da Boca do Monte hoje varrida pelo quente vento norte. Terra do vento norte. Quando ele sopra, vira tudo de pernas para o ar. Diz a tradição que a três dias de vento norte, segue-se a chuva. Diz também que os humores ficam destemperados e os crimes aumentam. Onde moro o vento norte uiva, sacode as janelas e as portas, forma redemoinhos, espalha galhos e folhas pelos pátios, arranha gargantas, irrita olhos e narizes sensíveis, provocando intermináveis espirros.
Cabelo penteado em dia de vento norte é desafio dos mais difíceis. Na esquina do Taperinha, onde o vento faz a curva, não se deve abrir guarda-chuvas, nem usar saias ou vestidos.
Deve ser por isso que todos dizem que as pessoas ficam um tanto malucas... Eu sempre me imagino pegando a vassoura ali atrás da porta para dar uns rodopios por aí. É, ele tá forte. Por isso vou ali... Síndrome de Mary Poppins...Madame Min...Maga Patológica... Vou sim!"

Hoje realmente choveu, depois de muita ventania!
Achei este texto que descreve o famoso Vento Norte de Santa Maria
aqui"

Em Santa Maria

Estou em Santa Maria há vários dias, bem feliz, matando a saudade do meu filhote!
Ele e a Isara alugaram um apartamento e eu estou aqui, com eles. Tão bom!
É uma situação absolutamente nova. A casa é deles e eu sou a hóspede! Tenho que me policiar para não ficar dando palpites além da conta!
O apartamento é pequeninho, mas já tá com cara de "lar"! A cozinha toda branquinha, cheia de presentes que eles ganharam: em cada presente um carinho e isso dá um astral maravilhoso para quem está começando a vida!
O quarto é uma mistura dos móveis dos quartos de ambos, do que eles já tinham, em Pelotas, e até que a combinação deu certo!
Na sala os móveis eram todos meus, que eu gosto muito, portanto não está com "cara de loja"! E como estão de um jeito que nunca usei e já ganhou alguns objetos novos, tá muito bonitinha!
É o começo de uma vida a dois, e gosto do jeito como eles tem planejado todos os detalhes! São unidos, se divertem com as coisas que têm de decidir, fazem planos, têm muita afinidade!
É engraçado como o Dude fica feliz e comovido olhando a Isara às voltas com as coisas da casa. Ele tá encantado, constatando como ela sabe se virar, fazer as coisas, cuidar dele... O olho dele brilha! E ele enche ela de beijos! Tenho notado que ele ajuda como pode. Infelizmente ele não exercitou muito, até agora, as atividades ditas "domésticas", mas acho que ele está envolvido, participando, curtindo, cozinhando algumas coisas, organizando tudo... enfim, acho que ele vai saber dividir as tarefas e espero que este tipo de coisa nunca seja motivo deles perderem o bom humor e se magoarem!
Começo de vida é difícil! Me pego corujando, torcendo, rezando, mentalizando, desejando que tudo dê certo! O bom é que eles tem muitos planos de estudar, trabalhar... O mundo deles já é bem maior que este pequeno apartamento. Mas vejo que é aqui que está iniciando uma vida compartilhada com amor e cumplicidade, e fico muuuuito feliz, de poder estar aqui, neste momento de vida tão bonito, tão especial!
Se for devidamente autorizada, ponho umas fotos, aqui... :)
Na verdade não tenho ficado muito tempo na internet. Assim que voltar para Pelotas, mato as saudades dos blogs e visito todo mundo!


Eu morava no prédio bem da esquerda, numa daquelas sacadas.
De lá dava para ver as horas num dos relógios da Catedral...

Foto daqui.

26.8.08

Formatura da Isadora!


Lídia, Isadora e Mariana
.
.
No dia 23 fomos a Porto Alegre, comemorar a formatura da Isadora, em Psicologia!
Até agora não tinha posto as fotos aqui, porque, mal passei por Pelotas, vim - com a mesma mala - para Santa Maria, matar a saudade do Dude!
Só agora estou tendo tempo e calma para sentar no computador! Aliás, estou usando o computador do Anselmo, que tem tudo em inglês, duas telas imensas, um teclado diferente do meu e euzinha tô completamente atrapalhada, aqui! Lembro, nestes momentos, da minha tia Ailka, que dizia que "só sabia ler no livro dela"! Hehehehe! Tô ficando assim: só dirijo meu carro, só me viro no meu computador, só cozinho no meu fogão!
Será que a nova psicóloga, Dra. Isadora, tem um tratamento adequado para este tipo de bloqueio/limitação/senilidade?? Oh, céus! Fico deprimida!
Depressão tem cura, hein, Isa??
Enfim, voltando ao assunto, foi uma linda festa!
Muitos amigos, muita gente animada! Bom estar com o Júlio, meu primo querido (pai da Isa), neste momento de pura alegria! A outra filha dele, Rafaela, se formou em janeiro!
Aliás, dançamos muito, contagiados por esta alegria e animação!
.
.
Ver a Kika e a Mariana vibrando com a felicidade da Isadora, me faz constatar, mais uma vez, com imensa alegria, como é bom o sentimento de pertencer à uma família - não uma família perfeita, mas uma família amorosa que se aproxima, ainda mais, nos momentos de muita tristeza ou de muita alegria, dando o equilíbrio necessário, estando ainda mais solidária e presente! Temos muita sorte!
Ah! A Isadora foi escolhida pela Nathalia e pelo Ginho, para ser a madrinha do Mariano, juntamente com meu afilhado, Arthur, irmão da Nathalia. É uma rede de amores, amigos, primos, dindos... Difícil de entender, de tão "emaranhada", mas bom de vivenciar!
.


Nasceu o Mariano!

Mais um virginiano do dia "26 de agosto"!


Nasceu hoje, o Mariano, filho da Nathalia e do Ginho, netinho da minha prima querida, Ana Beatriz!
A Nathália e a Kika creceram juntas, em Pelotas, da mesma forma como eu e a Ana, em Lavras! Numa família imensa, como a nossa, isso é uma raridade! Temos muitas histórias em comum, muitas experiências compartilhadas...
Só que, justamente hoje, eu estou em Santa Maria e só vou poder conhecê-lo na sexta! (E cheirar o pescoço, assim que tiver uma chance!!)
Que ele seja abençoado com muita saúde e muita felicidade! Já é muito amado este guri! :)
.

Feliz aniversário, Zéca!

Nem sempre a gente pode comemorar nosso aniversário perto de quem ama! Esta foto do Zéca, com seus irmãos é só um jeito de lembrar que a distância física é só um detalhe!
Aproveito a data para pedir a ele que volte a postar no Arquivo ZK!! Adoro as suas histórias!!

Aniversário da Thelma!

Um beijo carinhoso para a Thelma, que está de aniversário hoje!
Gostei muito de conhecer esta virginiana tão interessante, cheia de histórias, olhar inteligente, extremamente doce e querida!
Recados Para Orkut
Que seu dia seja especial! Afetos renovados, muita harmonia, alegria no coração!
Ela disse, tempos atrás, uma coisa que tentei aprender e guardar:
.
"Estou cada vez mais atenta aos meus atos e às minhas falas. Sinto que sou responsável pelo que me acontece e pelo que me rodeia.
Tento estar constantemente conectada com o meu diálogo/monólogo interior, com a forma como respondo a esta conversaçao e com os resultados da minha interaçao com o mundo."

25.8.08

Adélia Prado


"Adélia Luzia Prado de Freitas nasceu no dia 13 de dezembro de 1935, em Divinópolis, Minas Gerais. Começou a escrever poemas em 1950, logo após a morte da sua mãe. Formou-se em Filosofia em 1970. Em 1973 dá a conhecer a Affonso Romano de Sant’Anna os seus poemas manuscritos. O poeta entregou-os depois a Carlos Drummond de Andrade, que impulsionou a publicação do seu primeiro livro, Bagagem, lançado no Rio de Janeiro em 1976. Adélia Prado foi professora, é poeta e romancista. Alguns dos seus textos foram adaptados para o teatro. Dona Doida foi representada com sucesso em diversos Estados brasileiros e também nos Estados Unidos, Portugal e Itália. Atualmente, Adélia Prado mora na cidade de Tiradentes, Minas Gerais. Em Portugal, em 2003 os livros cotovia publicaram Com Lincença Poética, uma antologia organizada por Abel Barros Baptista e que inclui poemas de todos os livros da autora." (Daqui.)

Ontem eu fiquei na frente da TV, com o controle remoto na mão (coisa rara!), e não achava nada de bom na programação. Final de domingo é assim!
Só que acabei assistindo uma das coisas mais bonitas que poderia imaginar! Uma entrevista com a Adélia Prado na TV Câmara!
Fiquei deslumbrada! E comovida, encantada, emocionada, agradecida...
Descobri o link e o programa está disponível, na íntegra!
Meu recado: reservem um tempo, recebam como um presente, façam um chá ou café, descubram uma posição confortável e assistam Sempre um Papo/com Adélia Prado.
Depois me contem!

24.8.08

+ 10 coisas sobre mim :)

(O detalhe é que foi a Kika quem escreveu, nos comentários do outro post! Eu não teria feito melhor! Hehehehe!)

"Lídia deixou um novo comentário sobre a sua postagem "50 coisas sobre mim":

√ 51- Vivo tirando fotos. Sempre fui assim, mesmo quando ainda não existiam máquinas digitais e toda essa facilidade e economia em capturar imagens. Hoje, a máquina é praticamente uma extensão do meu braço. Sorrisos, paisagens, viagens, doces, tudo é motivo pra um clique...

√ 52- Detesto que me cutuquem.

√ 53- Se vou passar algum final de semana longe de casa e preciso dormir fora, sempre levo o meu travesseiro.

√ 54- Sou colorada, mas torço pro Grêmio quando a partida é contra outro time que não seja o Inter - “gaúcha acima de tudo”.

√ 55- Não gosto quando estalam os dedos perto de mim, fico nervosa. O barulho incomoda (acho que é pq parece que o osso da pessoa vai quebrar ao meio).

√ 56- Não entendo o porquê das minhas escovas de dente não durarem um tempo razoável, sem que fiquem parecendo um espanador.

√ 57- Adoro comprar camisolas e óleos de banho.

√ 58- Acho muito bom sair de casa e viajar, conhecer novos lugares e novas pessoas, mas também fico muito feliz em voltar...

√ 59- Entre os meus familiares e amigos, é muito comum ter alguma discussão. Aliás, o preocupante é quando ninguém discute. Se um dia alguma discussão ficar séria, e eu disser “tá bem, então não fala comigo, não precisa falar comigo”, preocupe-se.

√ 60- Sempre tomo o último gole do café na pia.

Aeuheaiuaehiauhaeiuaheiueh!!

Viu só? Faltaram muitas coisas ainda na TUA lista, eu vou parar por aqui pq to morrendo de fome nesse instante e preciso comer!!!

Vim só dar uma espiadela por aqui e não consegui parar de ler...
ADOREI...
Beijosssss."


Obrigada, Kika!

Bem, agora só faltam 40! Me aguardem!

50 coisas sobre mim

(que não tem a menor importância!)
.
√ 1. Não vivo sem internet.

√ 2. Troco a noite pelo dia fácil, fácil! Apesar disso, amo o sol!!

√ 3. Adoro coisas que a gente faz no frio: lareira, vinho, chocolate quente, sopas, capuccino, blusões de lã, banho escaldante, mas acho o inverno cinza demais para ser alegre!

√ 4. Adoro viajar. Pode ser alí, para Capão do Leão. Ou Canguçu.

√ 5. Em algumas situações, pago para não falar, mas, quando embalo, não consigo calar a boca!

√ 6. Detesto aglomeração, fila, barulho. Se tiver gente mal educada no meio, sinto vontade de correr!

√ 7. Quase sempre me sinto de bem com a vida.

√ 8. Quando tô azeda preciso ficar quieta no meu canto. Acabo indo pra cama e durmo, qualquer que seja o horário. (Detalhe: preciso escurecer o quarto e fazer tudo o que costumo fazer sempre, antes de dormir: banho, pijama, dentes escovados e oração!)

√ 9. Tenho medo da maioria dos brinquedos de um parque de diversões, principalmente daqueles que nos levam às alturas. A última vez que fui num parque aquático com a Kika, quase infartei! Minha mão molhou de nervoso e a validade do desodorante (tinha tomado banho há menos de 2 horas) acabou no exato minuto em que ela começou a subir num tobogã de 25 metros!

√ 10. Adoro torrada de queijo + geléia + nata no café da manhã, em camadas bem generosas!!

√ 11. Fico feliz olhando o mar.

√ 12. Adoro falar bobagens, rir com trocadilhos, associação de idéias malucas, pequenas maldades, códigos secretos, velhas piadas... E isso só acontece com pessoas com quem tenho absoluta confiança e sintonia.

√ 13. Evito tomar remédios. Nem tenho em casa, a não ser aspirina, para uma rara dor de cabeça. Mas adoraria que inventassem uma pílula mágica que me tirasse o apetite.

√ 14. Adoro elogios.

√ 15. Nunca fiz nenhum exercício. Caminhadas, sim. (Preciso retomar!)

√ 16. Ah! Espreguiçar realmente dá mobilidade, elasticidade... Juro!

√ 17. Acho muito chato ir ao supermercado. Evito, adio, esqueço, deixo para a semana que vem.

√ 18. Gosto de todas as bebidas alcoólicas que já provei: vinho, cerveja, uísque, champanhe, caipirinha, coquetéis... O problema é que meu nariz fica vermelho na primeira dose/taça e eu começo a achar tudo engraçado! Melhor evitar.

√ 19. Sou viciada em coca-cola. (Light, bem gelada, sem gelo e sem limão.)

√ 20. Nunca tomo água. Pronto. Falei.
(Há pouco tempo ouvi minha mãe contar que, quando eu era neném e ela tentava me dar água, eu eu fazia careta, estremecia e jogava tudo fora! Heheheh! Topava qualquer outra coisa, suco, chá, guaraná... menos água!)

√ 21. Quero fazer aula de dança de salão!

√ 22. Gostaria de ter um cachorro - já temos um gatinho. Mas não gosto de animais de estimação que são tratados como gente, andam dentro de casa, dormem na cama dos donos... Sinto arrepios!

√ 23. Adoro ficar sozinha, em casa. Estes momentos me fazem bem.

√ 24. Mas tenho uma casa planejada para receber amigos: 2 quartos de hóspedes (e muitos colchonetes!), churrasqueira e sala grandes, sem frescuras, próprias para reuniões, junções, cantorias, chimarrão e... muita comilança, claro

√ 25. Prefiro morar em casa do que em apartamento.

√ 26. Passo semanas sem "botar o nariz na rua" e nem me lembro da última vez que saí de casa, simplesmente para dar uma volta! Só saio por um bom motivo!

√ 27. Cheiro de terra molhada me inunda. Me dá prazer. Me faz ter consciência da vida e da natureza. Às vezes me dá vontade de chorar.

√ 28. "Acho o amor, o sexo e o erotismo as principais chamas da vida. Quem perde o interesse por isso, morre um pouco" - Não fui eu quem disse, mas concordo!

√ 29. Já gostei de assistir novelas, principalmente as que reprisavam as 2 da tarde.

√ 30. Choro em algumas cenas de filmes, mas tenho dificuldade de chorar quando estou muuuito triste. (Sempre acho que não vou mais conseguir parar!)

√ 31. Falo palavrão quando estou dirigindo.

√ 32. Não "reconheço" carros. Não sei as marcas, modelos. Nunca sei os carros que meus amigos têm e NUNCA vejo meus amigos no trânsito, mesmo que buzinem, chamem... É impressionante! (Em cidade pequena todo mundo sabe carro de todo mundo... não entendo como conseguem!)

√ 33. Tenho dificuldade com o nome das pessoas. Mas nunca esqueço um rosto, uma impressão!

√ 34. Não lembro nome de escritores, de diretores, de autores, de filósofos... Guardo a idéia, mas demoro a situar no "tempo e no espaço"! Heheheh! Desisti de fazer faculdade de filosofia por isso...

√ 35. Adoro roupa velha, aquelas de usar em casa. Abrigos e camisetas que já usei muuuito, que têm tecido macio, com cheirinho de amaciante... Blusões enormes, fofinhos, meias grossas... Fico feliz, assim!

√ 36. Não uso roupa que não ache confortável. Preciso vestir e esquecer do que estou usando, senão fico exausta e quero voltar logo para casa, tirar tudo! Sapato apertado, roupa que "pinica", meia de nylon (argh!), soutien com aqueles ferrinhos... Tudo me dá arrepios!

√ 37. Evito me envolver na intimidade das pessoas, ser invasiva, dar palpites, visitar com frequência, "alugar" no msn, telefonar fora de hora... mas gosto de estar disponível para os meus amigos, em qualquer tempo e lugar.

√ 38. Adoro brincos! Não vivo sem.

√ 39. Não conheço jóias, nunca compro, não presto atenção. Ganhei algumas que adoro - pelo presente, pelo momento, pelo que significam.

√ 40. Implico com gente fútil, rebeldes sem causa, fanáticos (seja por idéia, time, partido ou religião) que não sabem conversar e não aceitam argumentação, problemáticos de plantão que vivem se queixando de tudo e todos, pessoas que só falam na mesma coisa - do tipo idéia fixa...

√ 41. Sou miope, deveria usar óculos, mas nunca estou com eles em cima do nariz, não me acostumo, eles me incomodam! Estão sempre na bolsa, na gola, na cabeça, na mesa de cabeceira ou em lugar incerto e não sabido.

√ 42. O-deio-o me depilar! E não entendo o que deu nos homens que começaram a aderir à esta tortura!

√ 43. Não sei conversar no telefone. Não rende, esqueço o que queria falar. Só uso para jogo rápido, saber se está vivo, estas coisas...

√ 44. Uso este blog para fazer terapia, como "meu querido diário", como álbum de fotografias, como um lugar para registrar as coisas da minha vida, para acarinhar meus amigos.

√ 45. Aliás, as "celebridades" de que gosto de falar aqui, são justamente os meus amigos! É tão bom poder tornar pública a minha admiração por tanta gente que tenho o privilégio de conhecer!

√ 46. Não sou ingênua, nem frágil, nem crédula. Simplesmente gosto de gente. Minha tendência é confiar, gostar à primeira vista.

√ 47. Sou bairrista. Gaúcha e lavrense. Apaixonada pela minha terra.

√ 48. Ainda fico ruborizada em algumas situações! Odeio isso! Fazer 50 anos deveria servir para alguma coisa! Humpf!

√ 49. Envelhecer, fisicamente, é muito ruim, muito chato! Conviver com rugas, saber que nossa capacidade física vai dimuir, com o passar dos anos é assustador! Preciso começar a pensar em qualidade de vida, em prevenir certas coisas...

√ 50. Sou louca pelos meus filhos. Apaixonada. Eles me orgulham. Me fazem feliz.
.

Faltam outras 50... Será que alguém vai ler isto, até o fim?
Façam suas listas, Senhores!

23.8.08

Uma bela leitura

Me encantei com estes blogs:
.

Por Que Heloisa? / Blog Talk

Sempre que encontro um blog bacana, conto aqui. Não guardo só para mim! Heheheh! Desta vez foram dois, de uma vez só e nem vou tentar descrever... melhor irem lá!
Achei perfeita a descrição do homem ideal! Combina muito com o que eu penso. Melhor: combina muito com o que está do meu lado, agora. Junto, mas fazendo uma coisa diferente!! :)

22.8.08

Worldwide Link Love Meme

Esse meme é uma corrente e eu recebi da Rosamaria.
É só fazer o seguinte: colar desde "start copying here" até "end copying here", colocando o próprio nome no final da lista. "O objetivo é fazer novos amigos pelo planeta."

~ stare copying herer ~
Join the Worldwide Link Love! Benefits of Worldwide Link Love!
1. Make new friends around the world.
2. Feel the Link Love.
3. Gain new readers and subscribers.
Rules:
1. Copy from ~start copying here ~ to ~ end copying here ~ and paste it on your blog.
2. At the end of the list, put your name and the country your in, it doesn’t matter what’s your nationality just put the country where you are publishing your blog. Don’t forget to put links at your name.
3. If u have many blogs, you can link all of it, just make sure you post the same on each blog.
4. Tag eight (8) or more of your blog friends.
5. Tip for blogspot users: make sure you copy and paste the code in Compose mode.
Wanna join, and you can’t find your name on the list? Just leave a comment here.
Worldwide Link Love!


Participantes:

01. Julia (Philippines)
02.
Catherine (Malaysia)
03.
shimumsy (USA)
04.
Mitch (Philippines)
05.
Hailey (Philippines)
06.
Sexymom (USA)
07.
Liza (Philippines)
08.
Sasha (Philippines)
09.
Tere (Philippines)
10.
Simply The Best
11.
The World Wide Web Addict
12.
My Daily Nourishment
13. My Euro Travel and Adventure
14.
Euroangel Graffiti (Germany)
15.
A Simple Life (Philippines)
16.
Max (Portugal)
17.
Cidão (Brasil)
18.
Jaqueline Amorim (Brasil)
19.
Luma Rosa (Brasil)
20.
Rosa147 (Brasil)
21.
Ana (Brasil)

~ end copying here ~

Convido os meus amigos à participarem!

Tão bonitinhooo!

Tenho uma lua e várias estrelinhas, daquelas que brilham no escuro, no teto do meu quarto.
...

(Tenho mesmo! É sério!)
.
Outro dia caiu uma e eu fiz três pedidos.
...

É bem assim!



"Depilação pode ser com cêra quente, fria, com algas marinhas que foram da Cleópatra, e refrescadas com banhos de leite de cabra, mergulhadas em água de côco, pétalas, o escambau, que dói tanto, tanto, que depiladoras precisam ter um quê de Marquês de Sade. E os homens deviam dar às mulheres um tratamento digno de Rainha do Egito.
Como acredito na Teoria da Evolução, futuramente não teremos pêlos. Mas como o ser humano não presta, não presta meu deus Darwin, nesse tempo a estética será peluda e como vamos continuar seguindo as regras da estética, faremos implantes de fios sintéticos, com anestesia geral, espero. E já que reencarnação é uma possibilidade, na próxima, quero voltar homem, mas nunca serei um metrosexual."

(Escrito por Ella.)

20.8.08

Kika

Linda! (Roubei do Orkut!)

Antiguidade!

Oh, céus!
Eu tinha muitas fotos em "monóculos"! (É esse o nome, né?)
Vi esta foto no Flickr, mas não guardei o link!

Quem ri por último...


Quando vc tá no MSN, ri de que jeito??

...rsrsrsrs
...hihihi
...kkkkk
...hahahahahaha
...(risos)
... huahuahuahua
...hehehehe
...ou usa aquelas carinhas ?

.
Confessa! Vc fica injuriado com os emoticons?!

.(Eu fico, quando eles aparecem no meio das palavras, forçando um trabalho de adivinhação!)
Esta linguagem da internet é meio... condicionante, néam??
.

A Família Brasil


Veríssimo

19.8.08

Sexo todos os dias


É engraçado como é difícil falar sobre sexo! Logo vem a preocupação de estar falando além da conta, expondo a própria intimidade e todas estas coisas... É como se pudéssemos confidenciar as razões mais secretas da nossa alma, os caminhos mais tortuosos da nossa vida, desde que qualquer detalhe da nossa vida sexual não seja revelado. É tabu. É segredo. É proibido tocar no assunto.

A TV, o cinema, os anúncios, as revistas, a internet, transpiram sexo. Banalizam o sexo. Exploram o tema, vendem o prazer.
Ao mesmo tempo, os consultórios estão cheios, porque as pessoas se sentem à margem de tudo isso, não correspondem a todos estes apelos, não vivem o sexo com toda esta intensidade propalada, nem têm todos os orgasmos, os deleites, as experiências...

Mais uma vez abençôo a maturidade, que simplifica a vida, dimensiona as coisas, ensina o que realmente importa. Queria saber aos 20 o que sei agora! Mas... ainda bem que sei agora! Heheheh!

Outro dia estava conversando com uns amigos sobre várias reportagens que saíram nas revistas e na TV, sobre a obrigação de fazer sexo todos os dias. Deu polêmica, claro! Contei que tinha lido, na Revista Elle, uma abordagem bem interessante e prometi postar aqui, para eles lerem!

Então aqui vão os links:
.
O livro "365 Noites: Uma História de Intimidade", da americana Charla Muller, conta a experiência dela, ao presentear o marido, no seu aniversário de 40 anos, com 1 ano de sexo diário! Não li o livro, apenas acompanhei, na internet, a sua repercussão, e tirei alguns trechos:

"A proposta não foi feita para se tornar uma maratona ou para batermos algum recorde, mas uma tentativa sincera de aproximação pela intimidade e conexão diária”.

O presente foi uma forma pessoal - bem pessoal - de mostrar ao Brad como eu estava comprometida com nosso casamento”, afirma Charla Muller em um dos trechos do livro, publicado pela editora Berkley Books.

Parece que a intimidade física compulsória criou uma intimidade emocional. “Isso requer uma gentileza e uma capacidade de perdoar diárias, e que as pessoas não sejam ranzinzas ou resmungonas”, diz Charla.

O que fizemos tornou mais fácil que nos abramos a novas idéias, sejamos mais espontâneos”, diz o marido, “de modo que não voltamos aos velhos hábitos de sempre manobrar para conseguir ou evitar sexo”.

A reportagem da Elle é bem interessante, e está na íntegra aqui. Alguns trechos:


"Início de relacionamento é aquela maravilha: basta uma encostadinha e o casal já se empolga, pula para os lençóis, para o sofá ou qualquer outro cantinho disponível para uma farra a dois. Daí a empolgação inicial passa, começa a bater uma certa preguiça e o sexo vai rareando na mesma proporção em que a conta na videolocadora vai subindo. Será que todo relacionamento longo está condenado às transadinhas básicas dominicais e olhe lá? Ou dá para voltar – sem trocar de parceiro, veja bem – a ter aquelas noites animadíssimas? Pelo bem da relação amorosa e da apuração jornalística, a repórter Zoe Nelson aceitou o desafio de transar todos os dias com o namorado, durante um mês inteiro."

"...A primeira noite tinha o fator novidade, a gente estava embarcando numa aventura. Demos tanta risada que eu fiquei desatenta demais. Na segunda, tínhamos bebido muito no jantar e, como o negócio começou a se estender infinitamente, eu me peguei fazendo careta por cima do ombro de S., olhando para o teto, torcendo para que acabasse logo. Na terceira noite, nós dois estávamos exaustos por ter ido dormir tão tarde na véspera, por isso disparamos até a linha de chegada. Na quarta, ele se demorou em todos os lugares certos, demonstrando uma paciência de Jó, mas, mesmo assim, não adiantou nada."

"O sexo regular é como um elástico de conexão que permite que a gente se afaste e volte a se aproximar com mais rapidez. Quando nossos corpos se encontram com freqüência mínima, não há tensão suficiente para voltar a se sentir atraído na direção um do outro. Assim, é preciso reconstruir toda a proximidade e a confiança do zero. Simplificando, sexo é igual a exercício. Fica muito mais difícil quando você passa um tempão sem praticar. Mas, se você tomar a iniciativa, é bem provável que se veja tomada por aquela sensação boa pós-transa, perguntando a si mesma por que diabos não se dedica a isso com mais freqüência.”
.
Entendi que o importante é não usar o sexo para outros fins que não o prazer e que, quem se ama, não deve deixar o prazer em segundo plano!

Resumindo, as palavras-chave são: proximidade / conexão / intimidade / dedicação.
Related Posts with Thumbnails