30.4.10

Nasceu a Rafaela!

.


Hoje, 30/04/2010, com 3.125kg.
Linda, delicada!
Expressão serena, de quem já se sabe muito amada, muito querida!
Que seja bem vinda! Que tenha muita saúde! Que só traga alegrias! Que seja muuuuuito feliz!
Parabéns aos papais, Tiago e Luiza, aos avós, Sávio e Cristina e a toda a família!

(Assim que a Vó Cris colocar mais fotos no Orkut, trago para cá! )

Outono

Praia do Paredão Lavras do Sul


Fotos de Nina Boeira

Condição de entrega

.,
"Acaba de ser revelado o que uma mulher quer e que Freud nunca descobriu.
Ela quer uma relação amorosa equilibrada onde haja
- romance,
- surpresa,
- renovação,
- confiança,
- proteção
e, sobretudo,
- condições de entrega."


.


Adoro as fotografia de Stephanie Rausser!

Lindo! Lindo! Lindo!

.


Três dias longe dele e já morro de saudades!
(Nasceram mais dois dentinhos - vimos no dia 21/04/10).

29.4.10

Porto Alegre

.








Benditas

Mart'nália / Zélia Duncan



Benditas coisas que eu não sei
Os lugares onde não fui
Os gostos que não provei
Meus verdes ainda não maduros
Os espaços que ainda procuro
Os amores que eu nunca encontrei
Benditas coisas que não sejam benditas

A vida é curta
Mas enquanto dura
Posso durante um minuto ou mais
Te beijar pra sempre o amor não mente,
não mente jamais
E desconhece do relógio o velho futuro
O tempo escorre num piscar de olhos
E dura muito além dos nossos sonhos mais puros
Bom é não saber o quanto a vida dura
Ou se estarei aqui na primavera futura
Posso brincar de eternidade agora
Sem culpa nenhuma



.

Olhos mendigos



.

Pediam-se em silêncio
Embaraçados
Indiferentes ao apelo das mãos
Surpreendidos
Necessitavam-se com urgência
Apesar dos labirintos


-> Poesia de João Luis Calliari

28.4.10

Aniversário da Lúcia!

.


A dona do blog "De Amor e de..." está de aniversário hoje!
Ela é uma amiga querida, cheia de histórias deliciosas, dona de uma sinceridade e um humor cheio de sutilezas que eu adoro ler, sem falar nos maravilhosos comentários, que deixa aqui, no Roccana e que sempre me ajudam tanto!
Lembrei que li, outro dia, uma lista das melhores coisas da vida. Era assim: (Link)

"Se apaixonar.
Rir até sentir o rosto doer.
Um banho quente.
Um supermercado sem filas.
Um olhar especial.
Receber cartas.
Dirigir numa estrada bonita.
Escutar sua música preferida no rádio.
Um banho de espuma.
Uma boa conversa.
A praia.
Achar uma nota de R$10 na sua blusa do inverno passado.
Rir de você mesmo.
Ligações à meia noite que nunca terminam.
Rir sem absolutamente razão nenhuma.
Ter alguém pra te dizer que você é bonito(a).
Rir por alguma coisa que você lembrou.
Os amigos.
Amar pela primeira vez.
Ouvir acidentalmente alguém falar bem de você.
Acordar e perceber que ainda faltam algumas horas para dormir.
O primeiro beijo.
Fazer novos amigos ou ficar junto dos velhos.
Conversas à noite com seu colega de quarto que não te deixa dormir.
Alguém brincar com o seu cabelo.
Bons sonhos.
Chocolate quente.
Viagens com os amigos.
Dançar.
Beijar na boca.
Ir à um bom show.
Ter calafrios ao ver "aquela" pessoa.
Ganhar um jogo difícil.
Passar o tempo com os amigos.
Ver os amigos sorrir ou rir.
Segurar a mão de um amigo.
Encontrar com um velho amigo e descobrir que tem coisas que nunca mudam.
Descobrir que o amor é eterno e incondicional.
Abraçar a pessoa que você ama.
Ver a expressão de alguém que ganhou um presente que queria muito de você.
Ver o nascer do sol.
Amar e ser amado ..."
Bom. Não sei que coisas a Lúcia relacionaria. Sei, apenas, que desejo que todos os seus sonhos, vontades, projetos, se realizem! Ela é um amor de pessoa e merece o melhor da vida, sempre!


25.4.10

Novos motivos

.


“A mulher não decide tudo de uma vez, mas nunca deixa de decidir.

Segue a vida por capítulos.
Acompanhar seu raciocínio é entender que o dia de hoje será completado amanhã.
Atende outro calendário, talvez o dos maias ou dos incas.
Não arrisque bebê-la de um gole.
Muito menos lento demais.

Não é como o homem que toma atitudes definitivas a cada manhã
para sofrer em seguida e remoer o orgulho em silêncio.
Ele não pretende justificar suas escolhas.
A mulher não cansa de explicar para desvendar novos motivos."

Carpinejar

Anotações

.

1. Um estar onde as crianças tem lugar para brincar sem que suas coisas interfiram na decoração. Gostei da bancada baxinha, da poltrona, do balanço e do cavalinho, ao ar livre.


2. Um lustre customizado! Adorei!


3. E um abajur com fotografias! Diferente, bem bolado!


4. Amo chuveiro no pátio! Nesse aqui a cor da parede deu um charme!


5. Uma cabeceira inventada deixou o quarto mais elegante...

6. Um cantinho super charmoso! Para organizar panelas ou temperos, guardar as coisas do café, as receitas... Adoro este jeito rústico e despojado!

Fotos daqui.

"Conhecer as manhas e as manhãs..."




Essa música é inspiradora e não me sai da cabeça!
Identificação total!


23.4.10


Adoro as fotografia de Stephanie Rausser!

Lavras do Sul

.

As relações tão delicadas...

.
.
..
casais
casamentos
relações
parcerias
sociedades
metades
conveniências
amores virtuais
juntar as escovas
sonhar juntos
viver juntos
cuidar um do outro
competir
procriar
ficar
permanecer
amar
até que a morte separe
ou
antes disso
amém
...
..
.



Escrevi em 18/06/08.
Deu vontade de publicar de novo, até porque, na época, nem tinha noção de como isso é verdadeiro
- ou de como as relações se justificam ( ou não) pelos mais variados fins.
Alguns casais são um mistério!

22.4.10

Sinais

.
Tantas vezes o meu corpo me diz que as coisas precisam mudar...
(E, muitas vezes, prediz futuros saltos e vôos.)
Estou desejando sol, clareza e objetivos.



Há um tempo para tudo. Essa é uma grande verdade.
Meus últimos meses foram de lamber as feridas, pedir colo, me reconhecer triste, surpreendida por tantos acontecimentos, atitudes, desistências, escolhas, sei lá.
Num primeiro momento me senti sem chão. Não entendia nada e nada fazia sentido.
Precisei me adaptar, me acostumar com a idéia de voltar a ser sozinha, me bastar. Claro: senti pena de mim, procurei ajuda, fui fazer terapia.
O tempo foi passando e fui tendo um certo distanciamento daquela situação que estava me fazendo tanto mal.
De longe, vi tudo com mais clareza e não gostei do que vi. Me desencantei, me desiludi, me surpreendi. Constatei o quanto me deixei levar por um sonho idealizado, absolutamente diferente da vida real.
Acordar não foi fácil. Acho que doeu ainda mais.
Mas me libertou.
Soube de coisas que tiveram efeito de eletrochoque. Putz! Não acreditaria em nenhuma delas, se não fossem se confirmando, aos poucos.
Por outro lado, descobri que há um tempo para tudo. Inclusive para curar, cicatrizar, fortalecer.
Nada acontece sem deixar algum aprendizado e não saímos ilesos de uma grande decepção. Mas saímos, isso é certo.
Teve um momento em que senti a necessidade vital de parar de remoer a dor e olhar para fora.
Não sei se isso é instinto de sobrevivência, se é amor próprio, se é capacidade de superação - que nome tem esta vocação para me sentir feliz! E, lá fora, tem sol, tem vida, tem beleza.
Me descubro leve, cheia de sonhos, renovada, inteira. E queria que soubessem disso.

Faxina

.

Já me falaram que uma boa forma de começar a organizar a vida pode ser organizando o roupeiro. Fiquei sismada com esta comparação.
A Thelma, por exemplo, me falou que joga tudo no chão. Depois vai arrumando, separando, descartando, empilhando...
Passei os últimos dias faxinando meu quartinho de vestir (que é minúsculo, abarrotado e que não me atrevo a chamar de closet!) e descobri que, se a minha vida tem qualquer semelhança com meus armários, eu estou perdida.
Guardo coisas demais! Coisas sem necessidade, bolsas que não combinam com nada, roupas que não vou usar jamais, sapatos que são incômodos e ficam lá, nas suas caixas sem nunca saírem pra dar uma voltinha! Heheheh!
E lenços, brincos, colares que acho exagerados, chapéus de praia que compro e nunca uso...
Apesar de tanta roupa, tem momentos em que concluo que "não tenho nada pra vestir". Provavelmente porque me perco entre tantas opções, na maioria falsas possibilidades...
Sei lá... Preciso aprender a descartar o que não tem mais utilidade. O que ocupa espaço e só dá mão de obra. O que me incomoda. O que já tem cheiro de naftalina. O que acho que um dia ainda vai me servir. E o que já não serve pra nada.

Perfumes


Sempre gostei de perfumes discretos, com cheiro de banho. Nada muito forte ou adocicado.
Durante muito tempo usei o Ops! Verde, do Boticário. Era o "meu" perfume e eu não vivia sem ele. Até que foi tirado de linha e nunca mais me achei!
Usei o One, da Calvin Klein, o Light Blue, da Dolce&Gabana, o Gren Tea, da Elizabeth Arden, o Ô, de Lancôme, o Linked She e o Insensatez Tropical do Boticário, mas, apesar de toda a procura e investimento, nem um era bem o que eu queria, então a busca continua...
Quando vi o teste, no site da Revista Criativa, claro que fiz e achei bacana o resultado. Assim que tiver chance vou experimentar os perfumes.
Para fazer o teste é só clicar aqui.

Aniversário da Débora

.
Comemorado no Luna Inti, com uma turma de mulheres barulhentas e animadas!
Muito bom poder estar com minhas amigas queridas - ex-colegas do banco em que eu trabalhava!
Nossa convivência resultou numa grande amizade... Sinto muita saudades de cada uma delas!
Sobre a Débora, nem preciso comentar: minha parceira de viagens,
minha grande amiga e confidente, a quem eu desejo toda a felicidade do mundo!



Hummmm!

.
Foto Douglas Soares

20.4.10

Eyjafjallajokull

.

.

.

.

Fotografias impressionantes da erupção do vulcão Eyjafjallajokull, na Islândia, neste site.
Para aprender a pronunciar "Eyjafjallajokull", assista ao vídeo do Fantástico.

Aniversário da Clarice!


Repito aqui, o recado que deixei no Orkut:

"Oi, Clarice!
Beijo enorme pelo teu aniversário!
Que a vida continue te presenteando com beleza, jovialidade, saúde e esta alegria que é tua e que me encanta!"

19.4.10

Domingo

.

Clericot, risadas, fotos, histórias, confidências, planos e Henrique, bem feliz!
(Resumo do jantar, no Luna Inti, com as amigas da Kika (que eu adoro!) Luize e Carolina.)


beleza - delicadeza - suavidade

.


Eu amo como o significado das palavras pode tocar a nossa alma.

Arte & Criação

.


Conheça o blog de Eduardo Miguel Pardo.

Tricot

.
Link

Para colorir, aquecer, enfeitar.

Crochet

.
Foto do De(couer)ação


Para quem tem guardados aqueles guardanapos antigos, cada ponto uma lembrança...

Vontadeee

.

Programa perfeito para o outono, desde que com a companhia certa.
(Alguém para conversar longamente ou ficar em silêncio.)

17.4.10

Momento de voar

Do meu Tarot do Dia Personare
(Respondeu exatamente a pergunta que eu tinha mentalizado e, devo admitir, gostei da resposta!)
Além disso, tem tudo a ver com o post anterior - Multiplicidade, que fiz antes dormir...

- imagem da webcam -

"A hora é esta, Ana: arriscar-se, atirar-se destemidamente na direção do novo. Ainda que muitas pessoas possam se apavorar e tentar lhe demover daquilo que sua alma interpreta como um novo impulso criativo, não se incomode.
As pessoas falam porque estão viciadas em certezas e seguranças. Mas "O Louco, arcano zero do Tarot", vem lembrar que, eventualmente, alguma loucura é mais do que bem-vinda!
Ponha sua vida em movimento e lembre-se que é sempre momento de recomeçar.
Evite o medo e não espere as coisas tomarem uma forma “certa” para agir. Vá!

Conselho: Momento de se atirar em novas direções, sem temor."

Multiplicidade



"Tornamo-nos escravos de quem fomos no passado. Se ontem dissemos que faríamos tal coisa, como hoje mudar? Se ontem elegemos o sorvete de pistache como o nosso favorito, como hoje desejar o sorvete de sambayon? Se ontem fiz ou pensei tal coisa, como posso hoje fazer ou pensar diferente? E se percebemos em nós a tendência à multiplicidade? Uma vontade, hoje, agora, de fazer, pensar e sentir diferente. Mas não! E nossa coerência? Estabilidade? O que os outros vão pensar de nossa saúde mental? Dirão que não sabemos o que queremos! Dirão que somos birutas como os marcadores de vento, loucos como o tempo ou, simplesmente, pouco confiáveis, já que mudamos sempre de opinião. Dirão mesmo isso? Seremos nós o assunto dos outros? Não se iluda: temos tão menos importância do que gostaríamos!" (Daqui)

.

Link da imagem

"Você sabe que está apaixonada quando você não quer adormecer porque a realidade é definitivamente melhor do que os seus sonhos."

.





16.4.10

Ligadão!

.

15/04/2010

Outro dia saímos para jantar e o Henrique foi junto, claro. Devidamente instalado numa daquelas cadeirinhas altas, ficou olhando para todos os lados e acabou se comunicando com todas as pessoas na volta. Impressionante! Sorri, gesticula, faz carinhas...
Constato que não sou só eu que acho lindo, fofinho, esperto, etc! Heheheh! Mas estes são adjetivos usados pelas mulheres!
Nesse dia, uns rapazes ficaram se divertindo com ele e disseram: "como ele é ligadão!" E é isso mesmo! Ele está muito ligado, prestando atenção em tudo e entendendo tudo! Quando acha uma coisa engraçada quer que se repita mil vezes e ri alto! Uma delícia!

Brincos

.

Sempre tive mania de brincos. Não vivo sem.
Grandes, coloridos, artesanais, comprados na beira da praia, o material é o que menos importa!
Nunca deixei de usar quando meus filhos eram pequenos e nem pretendo, agora, por causa do Henrique. Todo mundo me alerta que ele vai puxar, mas, até agora, ele olha, mexe um pouquinho e pronto. Acho que ele já acostumou, desde que nasceu. Coisa mais amada!
Ainda bem, porque Anavó sem brincos ficaria muito sem graça!
Estes, da foto, ganhei esta semana da minha amiga Débora e adorei! Tão bom ganhar presente que é a nossa cara, sem ser aniversário e sem nenhum motivo!

O sabor das massas e das...

.

Imagem do Flickr

15.4.10

Feedjit/Roccana

Clique na imagem, para ampliar:


Quem, em Beverly Hills, California, estaria interessado no acidente do meu irmão?
(Já fazem quase 5 anos...)

E em Brasília? Quem pesquisaria o meu santo nome em vão??
Oh, Céus! Fiquei intrigada...

Nada normal

.
Te lembro e já me sinto ao seu lado,
No seu mundo
Me identifico com você de um jeito
Tão profundo
E é tudo tão real
Mas nada normal


13.4.10

Hoje é "Dia do Beijo"

Mensagens Para Orkut
.
.

Por isso, muitos posts sobre o amor:

a procura, a espera, o encontro, a intimidade, o tempo...

.


"a emoção não cabe na palavra:
é por isso que tem uma fresta por onde transbordar."

Related Posts with Thumbnails