31.5.07

Gravuras

Admiro quem consegue passar sentimentos em traços simples, quase ingênuos...

Imagens: Aussiepatches

"Fui eu!!"



Fotos incríveis aqui!

Coisas inusitadas

... As fotos, as notícias, os vídeos do Blog/Site do Miranda!
Olha o que ele diz:"Esse é prioritariamente um blog de comunicação. Mas como comunicação envolve tudo... Na verdade coloco aqui coisas interessantes que pesquiso na internet. Que acho legal compartilhar e comentar aqui no blog."


Que tal uma toalha de banho assim?

Super idéia de aproveitamento pra quem adora guardar mil coisas!

Contador de Visitas!

Eu adorava entrar aqui e constatar quantas pessoas tinham visitado o Roccana, mesmo sem deixar comentários...
Agora meu blog tá uma bagunça!
Perdi o contador de visitas - e lembro de ter visto a entrada 22022, um belo palíndromo!
Aliás, guardei a imagem da entrada 19991, porque tava com mania de "colecionar" palíndromos! Consequência das nossas brincadeiras com os scraps, no Orkut!
Não sei como fazer para recuperar a antiga aparência do blog, nem ando com paciência para tentar... Enjoei este visual... Vou ver como faço para mudar. Até lá vai ficando assim...

Mergulhar na dor e submergir

Minha mãe ficou em casa e voltei pra Pelotas. Simplesmente não posso fazer nada, além de estar do lado dela, quando ela precisar. Ela fica melhor em Lavras, na casa dela, vivendo sua rotina.
Queria tanto manter as esperanças de que ela pudesse melhorar... Agora é tocar a vida, da melhor maneira, até porque não ajuda nada me entregar à desilusão e à tristeza...Quero prestar atenção a tudo de bom que tenho pra viver. É um exercício, um aprendizado, uma questão de sobrevivência...

29.5.07

Arrumando a mala


Estou indo para Lavras. Faz tanto frio que tenho vontade de "vestir" o guarda-roupa e encher a mala de roupas de lã! A sensação térmica aqui é de 8° abaixo de zero...
Nenhum sinal do sol e nenhuma coragem de enfrentar o frio, mas a vida tá lá fora, esperando!

Catedral de Pelotas

Fotografia (sem efeitos e sem flash) tirada num domingo gelado.
Lua enfeitando o céu e luzes já acesas, no entardecer.

28.5.07

Praia, em dia de inverno


A Lídia tirou esta foto ontem, no Laranjal.
Foi um domingo muito frio, mas o sol estava delicioso.
Bom respirar o ar gelado e caminhar na beira da praia...

25.5.07

Dois anos sem o Pigue




Um tio maravilhoso, para o Dude e para a Kika...

Estar com o Pigue sempre foi muito bom, alegre, animado!
Então não quero lembrar dele com tristeza. Mas, a saudade, não descobri, ainda, um jeito de não sentir!
Pra ele todas as minhas preces e meu amor.

23.5.07

Obrigada!

Obrigada por todas as mensagens de esperança e de carinho! Foram importantes demais!
Me assustei com o diagnóstico - ou prognóstico - da doença da minha mãe (depressão, síndrome do pânico, esclerose, senilidade - tudo misturado, tudo recheado de muuuuita ansiedade), mas agora estou mais calma e com esperanças de que ela possa melhorar.
Tem sido dias difíceis.Ela pede ajuda sem parar, mas não se ajuda. Só lamenta, reclama, caminha pela casa, fala coisas difíceis de se ouvir, pede remédios milagrosos, pede pra ir para o hospital, se queixa de dores pelo corpo. Não quer comer, não quer tomar banho, não assiste TV, não lê, não se distrai, não quer sair para rua, não quer que eu saia de perto dela... Acende um cigarro atrás do outro (odeio cigarros!!)... Parece ressentida, magoada... Acusa, reclama, sente raiva... Argumenta de forma inteligente, tem plena consciência de tudo, a memória permanece intacta.
Enfim, tudo muito duro de ser vivido e compreendido. Tem ocasiões em que parece que ela vai melhorar, como aconteceu no dia do aniversário do meu pai. Nesses momentos se tem a impressão de que, para isto acontecer, falta só um detalhe, um impulso, que é uma questão de vontade. Mas em seguida ela volta a se comportar de uma jeito estranho, doente, repetindo as mesmas frases e caminhando sem parar pela casa.
Tento não misturar meus sentimentos, manter a calma e ajudá-la. Não tá morto quem peleia, não é?
Esta foto foi tirada domingo. Saímos pra passear, depois dela ter ficado três dias internada, fazendo uma série de exames (cintilografia, tomografia, eletrocardiograma, raio-X de pulmão, ultrassonografia da carótida, exames de sangue etc). Felizmente o resultado dos exames clínicos foram bons: D.Célia, fisicamente, está muito bem.
Eu fiquei todo o tempo no hospital com ela, e, enquanto estava lá, peguei uma virose que me derrubou: náusea, febre, dores pelo corpo... Quando tudo parecia já estar ruim o suficiente ainda me acontece isto. Felizmente tudo passou.
Vou tentar me reorganizar, voltar a fazer as minhas coisas, achar um tempinho pra ler os blogs e brincar no Orkut! Vir aqui, na Net, é sempre uma terapia!
Beijos em cada um de vocês, com todo meu carinho e gratidão!
.
Fotos antigas aqui.

18.5.07

Mistérios

Nos deparamos com situações, sofrimentos, dores, doenças que são difíceis de enfrentar e de entender.
Estou sentindo muito medo e muita tristeza. Sensação de perda, de impotência, de desânimo, de raiva, de culpa... Tudo misturado, tudo dolorido demais.
Mas olho para os lados e vejo que tem muita coisa pior.
E olho para dentro e sei que vou superar.
Engraçado é que preciso falar disso, aqui. Desabafar... Explicar porque não tenho comentado os blogs que gosto tanto...
Daqui a pouco eu volto.
Só preciso de um tempo.


Ah! O "mistério" a que me refiro é a cabeça das pessoas. Sua sanidade, seu equilíbrio, suas razões, seus labirintos...

Aniversário da Isara!

Ela é a namorada do Dude. É linda!
Eles são inseparáveis. Cúmplices. Amigos. Apaixonados.
Fico feliz que o Dude tenha a Isara, na vida dele, e desejo que ela seja muito, muito, muito feliz!

(Ela estava de aniversário em 14/05/2007, mas não pude publicar este post no dia! )

12.5.07

Sensibilidade! (Dia das Mães)

Pérolas do Radicci:

"Sou a favor da liberaçón feminina, desde que non atrapalhe no serviço da casa"
"O trabalho é a chuva de pedra no parreiral da vida"
"Io sono como o chimarron: amargo mas gostoso. Porém, non pode se molto lavado"
"Ma vamo beber porque comer engorda!!!!!!!"

Aniversário do Donairão

No dia do aniversário do meu pai fomos jantar na Telúrica! Há tanto tempo eles não saíam!
Minha mãe estava bonita e foi uma noite especial, para todos nós!

Uma das especialidades da casa é esta delícia: vários tipos de carnes servidos numa pedra muuuuito quente, cheinho de queijo derretido!

10.5.07

Em Lavras

.

Tô passando uns dias em Lavras!
Vim para o aniversário do meu pai e acabei curtindo os 125 anos da city, Feira do Livro, muuuuito frio, amigos, jantares... Tá muito bom!
Na volta conto as novidades!



4.5.07

A reforma continua!

Estou "levemente" pirada, com tantos dias de obras na minha cozinha! Depois de algumas contrariedades, muita demora, gastos além do previsto parece que tudo está ficando pronto! Claro que é tudo muito simples, materiais econômicos, mas o que importa é que é ensolarada, grande e fácil de limpar!



Antes e depois.


Os móveis ainda não estão no lugar. Passei uma resina no chão (dica do Zéca!), agora é preciso esperar que seque! Algumas coisas estão amontoadas no quarto de hóspedes. O fogão tá num corredorzinho mínimo, onde fica a escada... Acho que vou jantar fora, hoje!! :)
______________________________________________
Pensei em fazer um painel que imite azulejos na tampa da churrasqueira! Pra alegrar um pouco e disfarçar aquela tampa que é tão feinha.... Tirei as imagens deste site, agora é só imprimir, colar e impermeabilizar!! Aceito sugestões!


Cartões!

* O último cartão fiz depois de receber o comentário da Rosamaria. Adorei!

Quem se identifica?

"Vai dizer que você desgruda do computador?"
Por Cristiana Soares
" On. Bocejo. Musiquinha do Windows. Bom dia. MSN, Hotmail, Gmail, Gtalk, Orkut, Skype. Lá fora faz sol ou estaria chovendo? As marginais estariam livres? Por curiosidade (e por um certo sadismo em ver os outros sofrerem nos engarrafamentos), abro o UOL antes de abrir as janelas de casa.
Acontecimentos principais do dia. Curiosidades. Buraco de metrô que desaba. Feliz por não precisar das ruas, das marginais, do metrô. Na segurança do meu lar. E em todos os lugares ao mesmo tempo.

Começo a trabalhar, sem noção de hora. Conversas paralelas, pesquisas, viajadas. Tudo online e a cores. Onde estava mesmo? Ah, naquele texto. Mas preciso de um link. Um do tipo hiper. Hiperperdida, novamente. Fome. Comida. Qualquer uma, às vezes. 


Hoje, pausa para cozinhar no capricho. Entre cebolas e refogados, uma conferida nos e-mails. De frente para a tela, minha mesa do almoço. Meu cérebro se estilhaça em mil. Um para cada direção das milhares de informações. Sensação de frustração por perceber que há mais informações do que uma cabeça. Uma cabeça-grão num universo cyberinfinito. 


De que site vim, para que site vou? Pelo menos a comida é proporcional ao tamanho do estômago. Pelos menos essa sensação de saciedade eu posso realizar. Mas a postura sentada não ajuda na digestão. Clicar fica complicado. O corpo me obriga a desgrudar da cadeira giratória.


Na posição deitada. 15 min. O suficiente para planejar as próximas linhas que vou escrever, os próximos e-mails que vou enviar e matutar como vou fazer para ganhar dinheiro na web. Já que viver longe dela é impossível, então ela vai ter que me sustentar.


Nunca havia me viciado antes em nada desse mundo que chamamos real. Mas agora, sou uma e-adicta. Com direito a crise de abstinência. Graças aos céus, nas minhas férias, fiquei hospedada em um lugar com conexão banda larga full-time.


A Quântica tem um conceito chamado “emaranhado”. Onde todas as coisas estão interligadas, sem começo nem fim. Deve ser isso o que as pessoas chamam de Deus. De destino e tudo o mais que a religião tenta explicar. A internet não é o supra-sumo dessa concepção? Tudo está muito claro, pra mim, agora.


Por isso, se religião vem de religare, nunca fui tão praticante. Deve ser isso que os crentes chamam de “ver a luz”. Eu vejo a luz no meu monitor todos os dias. E tenho vontade de ajoelhar. Agradecer por estar viva para vivenciar essa experiência. Estar conectada. Entrar em comunhão.


Não, não me convidem para um passeio, se ele durar mais do que algumas horas. Pois tenho a sensação de estar perdendo alguma coisa. Algum viral, algum blog novo, algum amigo do outro lado do oceano que tentou entrar em contato.


Está preocupado comigo, eu sei. Mas antes de me criticar faça uma auto-análise. Não seja o e-roto falando do e-esfarrapado. Prove-me através de fotos ou outras evidências que você passa a maior parte do seu dia longe de um personal computer.


Está chegando a noite e sinto-me culpada. Os passarinhos cantaram lá fora e eu não os ouvi, pois meus ouvidos estavam ocupados com o canto de um MP3.


Um cansaço fractal me abate. Antes da cama, uma tv, um telefonema, para dar sentido a esses objetos ultrapassados que moram comigo. Não quero deixá-los enciumados depois de tantos anos de serviços prestados.


Vou sonhar que cada click vale um cent. Off."



Na imagem, texto daqui!

3.5.07

Tô aprendendo...


É

t
ã
o

f
á
c
i
l

s
e
r

f
e
l
i
z
!

1ª Balaiada


Muita gente boa de Pelotas no "Primeiro Balaiada" (Feira de Arte, Artesanato, Brechó e Antiguidades) que irá acontecer no próximo sábado dia 05 de maio no Ateliê Balaio de Gato.
Madu Lopes estará expondo suas telas, incensários e porongas.

2.5.07

Aniversário da Isabel!



Ela se descreve assim:
"tenho o tempo das borboletas, uma semana é uma vida. uma musicóloga e pianista que gosta de escrever, mãe do pedro e do gabriel, moradora da fria e úmida satolep."

A Isabel é um encanto e tem sido uma delícia acompanhar seus escritos no taurusetcancer!

Desejo que ela tenha um dia especialmente alegre e muitas felicidades e beleza em seus vôos e descobertas!



Imperdível!

No dia 17/05/2007 Guto Teixeira e Marenco no Galpão de Ronda!
Galpão de Ronda - Espaço Nativista
Música, Grelhados e Culinária Gaúcha
de quarta a sabado a partir das 20:30h
Rua Prof. Araújo, esq. Antônio dos Anjos
Pelotas - Rio Grande do Sul

Não existe mulher feia!


Só pra manter o bom humor (e as esperanças) tô postando estas fotos que recebi, por email! (Clique na foto, se quiser ampliar.)

1.5.07

Mergulhar na dor

.
Acabei de ler "As dores que deveríamos sentir" no blog do Vitor Necchi e achei da maior importância!
"Nesta civilização em que orbitamos, as pessoas não querem vivenciar os pequenos ou nem tão pequenos sofrimentos do dia-a-dia que certamente não nos aniquilariam e, se experimentados, paulatinamente nos transformariam em sujeitos mais maduros, experientes, um pouco sábios. Cada vez mais as pessoas são inábeis para viver justamente porque estão abdicando de viver a vida na amplitude de seus eventos, de suas idiossincrasias, de suas contradições, de suas violências, de suas torpezas, de suas injustiças."


-> Leia o post completo, lá!
Related Posts with Thumbnails