31.1.19

Janeiro/2019 no Galpão


Passei só a primeira quinzena de janeiro no Galpão. 
Muito calor e muitos dias de chuva! Quase 500 milímetros nesses primeiros dias do ano!
E falta de luz, TV queimada, goteiras, mofo! Impressionante!
Mas os campos, verdinhos, mostram o lado bom de tanta chuva!
As seis fotos da direita, embaixo, foi o Ricardo quem mandou:
 arrumação dos telhados, consertos e pinturas...
Muito trabalho pela frente!

Calor, calor, calor!!

"Ah, as férias de verão! 
Sol, vontade de morar na praia, na piscina, 
no quintal, na rua, no chuveirão... 
Até na pia da cozinha tá valendo."


Vim passar duas semanas em Pelotas, para ficar com o Kike, que está de férias.
Acontece que a temperatura não baixou dos 30 graus, nem de noite! Coisa absurda!
Ficamos de preguiça, só no ar condicionado 
ou tomando banho no chuveiro do pátio! kkkkk!
Comidinhas, sorvetes, cerveja gelada, passeios no shopping e muita diversão!

30.1.19

Sem



“Rave pra mim é churras”

Ótimas dicas e texto delicioso da Larissa Januário ("uma jornalista que cozinha, uma cozinheira que escreve")!

"Ah, as férias de verão! Sol, vontade de morar na praia, na piscina, no quintal, na rua, no chuveirão... Até na pia da cozinha tá valendo. Época em que comer fora ganha novos contornos e amplitudes e o churrasco vira o rei das refeições.
Um jeito delícia de comer ao ar livre, sem pressa, beliscando por horas em torno da brasa, no melhor estilo “rave pra mim é churras”. Por isso, o tema recorrente por aqui em casa tem sido como dar um up nessa refeição tão querida.
Porque, para honrar a fama de democrático, seu churrasco precisa ser, antes de tudo, variado e inclusivo. Nada contra (pelo contrário, amo!) a santíssima trindade vinagrete, farofa e salada de batata. Mas por que só isso quando se pode tem um mundo de itens na mesa? 
Bora listar jeitos diferentes de usar a brasa e seus acompanhamentos? 

Vegetais, melhores amigos
Pensa numa galera bafo, gostosa e colorida? Na brasa os vegetais ganham outra dimensão de sabor e quase todos podem ser tostados no fogo. Então, faz a Bela Gil e tira sua melancia (brinks, ou não...) do armário no próximo churrasco e seja feliz. Tá, se você acha melancia uó, segue a lista de outros bons de brasa: batatas (todas), quiabo, cebola, banana, tomates, cogumelos graúdos, tofu, raízes, berinjela, abóboras...  

Proteínas variadas
Não gosto de chamar comida de proteína, vitamina, carboidrato, fibra etc. Comida tem que ter nome e cara de comida pra gente lidar com ela. Mas, aqui, apelei para o termo pra mostrar que podemos variar até mesmo o senso comum do churrasco que é a carne. A ideia não é substituir, mas diversificar porque é bom, gostoso e sustentável. Cogumelos, leguminosas, palmitos, queijos e vegetais podem ajudar a ampliar seu repertório.      

Dê uma chance à mandioca
Batata é batata, todo mundo sabe e não é um tema aberto a debate. Mas você já experimentou churrasco com mandioca cozida, manteiga e pimenta biquinho? Então! No Goiás e no Sul a galera sabe desse babado faz tempo. Passou da hora de outros povos aderirem a essa sabedoria raiz (há!). Vale também procurar outros tubérculos como batata doce, cará e mandioquinha. 

Inove no vinagrete
Quem disse que vinagrete precisa ser só tomate e cebola? Eu faço vinagrete com quase tudo que tem na feira. Abobrinha, cenoura, maxixe, jiló (sim, aceite), pepino, pimentão... Sério, basta manter a proporção de três partes de azeite, para uma de vinagre que ficará tudo bem. Eu inclusive gosto de variar também os outros elementos da equação. Troco o azeite por óleo de gergelim e o vinagre por limão (vários tipos) ou outros vinagres como de arroz, balsâmico e de frutas. Falando em frutas, elas também rendem molhos ácidos surpreendentes. Abacaxi, cebola roxa e coentro com limão, é uma combinação de chorar de boa. Si joga!

Molho, o lubrificante das comidas
Os molhos ajudam as comidas a fazerem amizade. Traga para rodinha outros amigos como aioli, vinagrete Dijon, chutneys e pestos. Eles vão dar mais sabor a carnes, vegetais e ainda untar os sempre presente pães.

É preciso salgar
Churrasco pede sal e por que não, sais? Sim, bora afrescalhar a brincadeira com tipos diferentes de sal. Da nobre flor de sal aos criativos sais temperados vale tudo: defumados, trufados, misturados com ervas ou especiarias. Só não exagere. 

Sobremesa de churrasco
Se alguém sobreviver à orgia, vai querer um docinho. Aqui, minha sugestão é tacar frutas na brasa e servir com sorvete. Nada mais emblemático. Vale ainda surpreender com uma belíssima calda de caramelo para unir todos os povos e declarar de vez a paz mundial. Combinações frescas com frutas in natura também são mágicas. Experimente temperar a melancia geladinha com limão e pimenta branca moída ou mesmo picar morangos e marinar no balsâmico com manjericão. Fica mara!"

29.1.19

Theo Jansen, o escultor dos "animais da areia"



"Estruturas feitas de tubos de plástico passeiam, 
movidas a vento, pelas praias da Holanda. 
Estes “animais de areia”, criados pelo artista Theo Jansen, 
são fruto de um complexo trabalho de engenharia 
e inspirados na teoria da evolução. 
Contudo, são também esculturas impressionantes, 
que apesar de aparentemente frágeis,
 conseguem evitar obstáculos e resistir às tempestades." 

(Obvious)

Proteção solar natural




O arquiteto Hideo Humaki adota uma técnica tradicional para
 melhorar o conforto interior de uma casa na cidade de Saitama no Japão.

28.1.19

27.1.19

"Mil Estrelas Estão Passando"

"Nada melhor que um céu de estrelas para ilustrar a tamanha grandeza deste trabalho desenhado em prosa e verso. Maria Esther surpreende com a sua capacidade de relatar as passagens cotidianas e, com uma visão diferenciada, expressa sentimentos vividos por todos e observados por poucos. Sempre com um amor incondicional pela família de sangue e de coração, encontra na fé o sustento emocional para se tornar o alicerce das pessoas que a rodeiam. Garra e determinação são palavras- chave que descrevem cada frase da sua vida, através de um olhar materno que deixa uma passagem de afeto em cada estrofe gravada, um amor que corre pelas águas do rio Uruguai, caminha pelas ruas de Uruguaiana e Santa Maria, floresce nos campos de Lavras, um amor pela vida! Nada melhor que um céu de estrelas para despertar este carinho em cada um dos seus leitores. Viaje entre as constelações e desfrute dessa obra." (Apresentação, por José Donairo Teixeira Neto.)

Lançamento do livro "Mil Estrelas Estão Passando", da Esther, em Lavras do Sul.
Privilégio estar em mais uma sessão de autógrafos dessa megahiperultrapower e querida amiga!
 Foi lindo!

Formatura da Helena

26/01/2019
A Helena, filha dos meus queridos Júlio e Cristina, 
comemorou sua formatura em Arquitetura, com uma linda festa 
no Clube Comercial de Lavras do Sul.



26.1.19

Saudade!


Uma semana em Pelotas, um finde juntinhos, mais outra semana em Pelotas...



25.1.19

Aniversário do Roccana


Histórico de todas as visualizações de página até 25/01/2019: 966.600!
Perto de
5.200 postagens!
Nunca imaginei que chegaria tão longe...


Muito obrigada pela companhia!
Começa, agora, o
14º ano...




Roubei!


Do Instagram da Kika!

24.1.19

O tempo a nosso favor

"...não é possível ser bonita para sempre, jovem para sempre, pois sequer é possível ser para sempre. "
"Creme diurno. Anti-rugas. Botox. Preenchimento. Depilação a laser. Tintura. Alisamento. Micropigmentação. Mechas. Brilho. Academia. Corrida. Personal. Terapia. Fruta. Shake. Massagem. Anti-sinais. Vitamina C. Ácido retinóico. Filtro solar. Creme para combater os radicais livres. Filtro solar de novo. Mas cadê a vitamina D? Vinte minutos de sol por dia. Cálcio. Tem no leite. Mas leite tem lactose. E o filtro solar? Que ansiedade é essa, aprenda a fazer u-ma-coi-sa-de-ca-da-vez. Já tentou ioga? Mindfulness? Tira o glúten. Coloca ômega três. Tira a lactose, tira a cafeína, tira o açúcar, o sal, o prazer, a vida. E tira a maquiagem antes de dormir, pelo amor de Deus. Agora, sim, posso tirar a roupa. Pera, esqueci o creme noturno. Agora, sim, posso dormir tranquila. Meus 60 anos não chegarão, nem quando eu tiver 80. Agora não, já tá tarde, tô com dor de cabeça. Amanhã tem que acordar pra começar tudo de novo. Fora as contas. Os filhos. A amiga. A mãe. O problema. O carro. O cinto. O freio. Ih, bateu! 
A busca pela beleza a qualquer preço e a fuga desenfreada de qualquer sinal do tempo nos toma o tempo todo. Quando chegarmos aos 100 anos, talvez a gente perceba que ficou faltando viver. Que uma ou muitas rugas até que seriam bem-vindas, que envelhecer é sinal de vida e que, apesar de tantas promessas da tecnologia, não é possível ser bonita para sempre, jovem para sempre, pois sequer é possível ser para sempre. Alguém precisa inventar uma pílula, um creme, uma loção de realidade. Um desconfiômetro que nos lembre a nossa abençoada condição de mortais, falíveis, humanos. E, por isso mesmo, capazes da simples alegria de, sem maiores pretensões, viver o momento presente. O fato é que a beleza pode e deve ser vista como um conjunto: conteúdo, maturidade, serenidade são fatores que mudam a postura de uma pessoa. E a verdadeira sensação de estar confortável em nós mesmos é uma conquista que só acontece com o... tempo. Ele mesmo. 
Nada como relaxar um pouco e deixar que ele passe a nosso favor."

Cris Guerra 

33 dicas para decorar sem gastar


Adorei!

Cactus


Dentro e fora dos vasinhos...

23.1.19

Em preto&branco ♥

Katherine Hepburn

(Sem plástica, sem botox, sem preenchimento e sem alongamento dos cílios! kkkkkk!)

Alongamento de cílios

1. A técnica fio a fio tem efeito natural: verdade. 
Diferente das demais técnicas, o alongamento de cílios fio a fio traz um método que consiste na aplicação de um fio sintético ou de seda sobre cada cílio natural. Os fios são aplicados com tamanho, curvatura e espessura diferentes, de acordo com a necessidade e preferência de cada cliente, proporcionando um look supernatural.

2. O alongamento prejudica os fios naturais: mito. 
Tanto o material utilizado quanto a forma com que a aplicação é realizada não interferem na saúde dos fios naturais. O que acontece é que, em alguns casos (isso pode ou não acontecer, de acordo com cada cliente) o peso dos cílios aplicados acelera o processo natural de queda dos cílios originais. No entanto, o normal é que os cílios naturais cresçam normalmente e os fakes caiam com esse processo.

3. O alongamento de cílios não tem restrições: verdade. 
Uma vez que o processo é totalmente externo não há riscos diretos sobre a saúde dos olhos, de qualquer forma, os cuidados pós-procedimento são essenciais. O alerta vale para pessoas com acometimentos oftalmológicos, principalmente por lesão em córnea e conjuntiva ou que apresentam histórico alérgico a algum componente do material utilizado no procedimento.

4. Não pode usar máscara para cílios após o alongamento: mito. 
Pode-se usar máscara de cílios. As únicas indicações são evitar o produto à prova d’água (pois sua remoção pode ser mais difícil e danificar os fios do alongamento) e preferencialmente passar o produtos nas pontas dos cílios ao invés de toda a extensão.

5. Pode tirar os fios que estão soltando em casa: mito.
O ideal é deixar que os fios fake caiam por meio do processo de crescimento dos fios naturais. O ato de puxar os fios do alongamento pode fazer com que aos fios naturais também caiam. Se algo estiver incomodando, procure uma profissional capacitada para retirar o que for necessário.

6. Não se deve usar demaquilante nos olhos após o procedimento: verdade. 
Os demaquilantes possuem muitos ativos e são capazes que retirar a cola que une os cílios fakes aos originais. Além disso, a própria ação de esfregar o algodão nos olhos é capaz de remover os fios.

7.  É preciso de intervalo entre os alongamentos: verdade. 
Quando a cliente faz alongamentos por muitos meses seguidos, indicamos um intervalo de pelo menos 30 dias para que os fios naturais se fortaleçam e o volume de fios aumente.

8. Pode pentear os fios todos os dias. Verdade. 
Não só pode, como deve. Manter os fios limpos e penteados garante uma duração ainda maior ao procedimento, além de deixar um aspecto muito mais bonito.


21.1.19

Don't Speak


Há tanto tempo não ouvia!
Fazia parte da minha "playlist" dos anos 90. 
(Leia-se: tinha gravada numa fita cassete e ouvia nas viagens, no som do carro.)
Ontem, novamente ouvi, na viagem Lavras/Pelotas. Playlist do Dude. Muito bom!

14.1.19


Terapia não é para doido
Doido é quem acha que não precisa de terapia

Por Mônica El Bayeh, em 13/01/19

"A moça me escreve desesperada. Linhas e linhas chorando as pitangas. A moça chora. Se sente injustiçada pelos pais, pelos amigos, pela vida. É? Pode ser, sim. Nem sempre a gente dá a sorte de nascer numa família generosa, acolhedora.

Há famílias verdadeiramente más. Que rasgam a alma da gente como se as palavras fossem faca. Esfarrapam nossa auto estima só com o olhar. Há famílias Tsunami que desestruturam, ao invés de dar colo. Acreditem, elas existem.

Há pessoas a quem a vida parece dar mais. Outras, que parecem só vir para sofrer. Sim, parece, mas veja bem, a vida dá o que acha que deve. Sabe Deus por que. Eu não tenho a menor ideia.

Talvez igual herança. Tem gente que ganha um monte. Tem gente que nasce sem nada. E é isso. Dê seu jeito. Se é o que você tem, lide com isso. Aprenda com a falta, com a dor, com as mágoas e vá ser uma pessoa melhor.

Saia do sofá. Escale seu vale de lágrimas e vá ajeitar sua vida. Por que a vida é sua. Só você pode gerenciar. Está nas suas mãos melhorar ou piorar. Ficar na mesma lama ou se mexer e sair fora.

Eu, aqui de longe, preocupada em ajudar a moça, pergunto se ela já procurou terapia.

-Nãoooooooooooooo!!!!! De jeito nenhum!!!! Terapia é para doido.

Não, moça. Falta um acento aí. Terapia não é para doidos. Terapia é para doídos. Para qualquer pessoa que esteja sofrendo e precise de amparo e de ajuda.

Para pessoas que são ótimas, mas ouviram tanto que não prestam que acreditaram. E agora não sabem fazer diferente.

Para pessoas que se sentem sozinhas no mundo. Que estão desamparadas em suas lutas. Para as que estão numa tristeza tão profunda que não conseguem nem sair da cama.

Terapia é para os medos que você não conta, mas que te encolhem. Para a relação que você permite que te mate dia a dia, sem largar e nem reagir.

Para as armadilhas em que você caiu e não consegue levantar. Para as bolas de ferro, pesadas de mágoas e ranços, que a gente arrasta sem conseguir se livrar.

Para os padrões que amassam a gente. Que impedem de andar para a frente. Ancoram justo onde não presta. E a gente fica ali. Ancorado. Besta. Triste. Se achando sem outra melhor solução. Sem perceber que pode, sim, soltar amarras e partir no mar enorme pela frente.

A vida pode ser cachorra. Pão dura. Debochada. E é, mas o leme é seu. Vire ele. Dê as ordens. Mude a direção. Transforme a dificuldade em desafio. Lute.

Não é fácil. Não estou aqui de mimimi falando de coisas fáceis. Estou falando de guerra, de luta, de armas. Isso é o que a terapia te dá: armas para lutar pela vida.

Forças para deixar de ser banana, fazer só o que querem. Só o que esperam. E dizer: NÃO. Impor a sua vontade, se esse for o caso. Desviar, se for só a solução possível. Aprender a não bater de frente quando for desnecessário.

Desapegar é doloroso, porém, necessário. É preciso deixar ir o que/quem já foi. Alma da gente é igual guarda-roupa: tem que arejar. Proteger de traça. Jogar fora o que já não serve. Para seguir mais leve.

Terapia é para doidos? Moça, desça da goiabeira. Terapia é para fortes. Para pessoas com dores, e com vontade de melhorar. Terapia é para corajosos. Para os que se dispõem a sentar durante uma hora e abrir o coração. Buscar novas saídas. Quebrar velhos modelos. Se renovar.

É seu caso? Se for, pegue sua dor e venha para cá. Não tenha medo de pedir ajuda. Tenha medo, sim, de ficar do jeito que está."

● Gratidão ao Dr. Fábio Alencar Braga. 
● Orgulho da Lídia Teixeira La-Rocca, psicóloga competente e dedicada.
___________________________________________________

Psicóloga Lídia La-Rocca / perfil no Facebook.
Consulta Fácil Lídia La-Rocca

Morri!


Quando eu crescer vou ser bem assim!

Pantone 2019


Coral.

Sabores


Reunir quem amamos ao redor da mesa é das coisas boas da vida...

12.1.19

100 coisas que todos deveriam fazer durante a vida


1 — Ver a Aurora Boreal
2 — Passear em um balão
3 — Apreciar a vista no Grand Canyon
4 — Nadar com botos-cor-de-rosa
5 — Morar num país de cultura não-ocidental
6 — Fazer um safári
7 — Conhecer os sete continentes
8 — Saltar de paraquedas
9 — Andar pela muralha da China
10 — Passar uma semana meditando em um mosteiro
11 — Fazer amizade com uma pessoa excêntrica
12 — Trocar um emprego estável por um que pague menos
13 — Investir na bolsa de valores
14 — Praticar rapel ou canoagem
15 — Visitar as pirâmides do Egito
16 — Montar um elefante
17 — Ficar uma semana sem tomar banho
18 — Conhecer as sete maravilhas do mundo
19 — Observar de perto baleias nadando
20 — Doar sangue
21 — Assistir um espetáculo na Broadway
22 — Acampar em um lugar deserto (deserto mesmo)
23 — Ir ao velório de um desafeto sem ódio
24 — Beijar numa roda gigante
25 — Ir ao Louvre e ver a Monalisa de perto
26 — Montar um camelo
27 — Comemorar o dia de São Patrício na Irlanda
28 — Escalar uma montanha
29 — Ir a um cine drive-in
30 — Comer em um restaurante seis estrelas
31 — Andar de jetski
32 — Ver um iceberg de perto
33 — Flutuar no mar morto
34 — Voar na primeira classe
35 — Jogar Paint Ball
36 — Assistir um espetáculo do Cirque du Soleil
37 — Passear em uma limusine
38 — Escrever um livro
39 — Criar uma horta comunitária
40 — Dormir numa casa construída sobre árvore
41 — Ser figurante em um filme ou novela
42 — Conhecer todos os Estados brasileiros
43 — Fazer sexo em grupo
44 — Correr uma maratona
45 — declamar Maiakóvski numa festa de empresários
46 — Fazer um cruzeiro
47 — Fazer um mochilão pela Europa
48 — Beijar alguém sob a chuva intensa (intensa mesmo)
49 — Fazer trabalho voluntário em outro país
50 — Visitar um vulcão ativo
51 — Dar um presente valioso a um desconhecido
52 — Ver a troca de guardas em Londres
53 — Comprar um réptil de estimação
54 — Pertencer a uma sociedade secreta
55 — Fazer um desejo na Fontana di Trevi, em Roma
56 — Comer um tradicional Fondue na Suíça
57 — Adotar um animal de um abrigo
58 — Lutar esgrima
59 — Cantar em um grande festival de música
60 — Fazer parte de um Flash Mob
61 — Atravessar um país dentro de um carro
62 — Dormir nu(a) sob as estrelas
63 — Doar cabelo para pacientes com câncer
64 — Desconectar totalmente do mundo virtual (incluindo celular) por uma semana
65 — Competir em um grande evento esportivo
66 — Comer algo que você não comeria de jeito nenhum
67 — Ficar acordado ininterruptamente por mais de 48 horas
68 — Organizar uma festa surpresa para um desafeto
69 — Nadar sem roupa na presença de outras pessoas
70 — Posar para foto cruzando a faixa da Abbey Road
71 — Beber absinto
72 — Comprar almoço para uma pessoa que vive nas ruas e comer com ela
73 — Participar de um protesto pela legalização da Maconha
74 — Viajar de uma cidade a outra de bicicleta
75 — Fazer um curso de culinária
76 — Ser vegetariano por ao menos um mês
77 — Andar a cavalo sem sela
78 — Ler mil livros
79 — Sair pelado(a) no carnaval
80 — Aprender a dançar salsa
81 — Andar de gôndola pelos canais de Veneza
82 — Fazer uma viagem noturna de trem
83 — Esquiar na neve
84 — Aprender a tocar um instrumento musical incomum
85 — Provar tequila no México
86 — Dançar uma noite inteira num baile da terceira idade
87 — Passar o Ano Novo em um lugar exótico
88 — Voar de helicóptero
89 — Fazer uma doação anônima
90 — Subir na Torre Eiffel, em Paris
91 — Comer pizza Margherita, em Nápoles
92 — Fazer sua árvore genealógica
93 — Convidar um desconhecido para sair
94 — Pular de bungee-jump
95 — Conhecer uma estrela de Hollywood
96 — Visitar um orfanato
97 — Passar uma noite no deserto do Saara
98 — Ir ao supermercado usando apenas roupão
99 — Passar uma noite sozinho(a) numa floresta
100 - Pedir conselhos a uma criança

Acho que muitas das opções dependem de $$$ e lembram dicas de turismo, mas é bom pensar que há muita coisa há ser feita!
Acho que vou fazer minha própria lista...

Sombra e água fresca


Related Posts with Thumbnails