28.12.09

Sentimentos

"Não fuja. Não fuja dos sentimentos. Sejam eles quais forem. Bons ou ruins. Porque eles são a única coisa que realmente valem nessa vida.

Tua casa, tuas roupas, teus bens, teu status, teus títulos e diplomas, tudo o que você conquistou ou tudo o que lhe foi dado, não importa. Tudo vai acabar um dia, vai ser repassado, vendido, carcomido, vai virar pó, vai ficar ultrapassado, vai virar espólio. As pessoas e criaturas que você ama, teus amigos, tua família, teu cachorro, teu gato, tua tarântula de estimação, tuas plantas, tudo vai ter um fim.

Tratam-se de seres vivos e seres vivos estão sempre em movimento, de um modo ou de outro, quer você queira ou não, quer você aceite isso ou não, quer você perceba ou não, quer você entenda ou não. Seres vivos morrem, adoecem, padecem, mudam. Vão embora. E sentem. Portanto, se você é um ser vivo, aja como um: sinta enquanto é tempo. Sinta tudo a sua volta ao máximo, pessoas e coisas, enquanto ainda detiver a doce ilusão de possuí-las, enquanto ainda estiverem próximas a você.

Sinta seus odores, bons ou ruins, a textura de suas peles, de seus pêlos, de seus cabelos, a falta deles, a curva de seus lábios, de seus ombros, a forma de seus dedos…repare no brilho de seus olhos, nos movimentos de seus corpos, no arqueamento dos cílios…observe quando andam, quando se deitam, quando correm, quando dormem….ouça a ternura de suas vozes, o timbre diferenciado de seus sons…do latido, do miado, do gemido, do suspiro, do grito, do sussurro, do choro.

Prove o gosto único da saliva, da lágrima, do gozo, do suor… sinta o doce calor do bolo quente, o salgado sangrento da carne, o amargo abrasador da bebida o ácido corrosivo da fruta.

Deixe que o vento desarrume os cabelos, bagunce a roupa, espalhe os papéis, abra as janelas, feche as portas, desfolhe as árvores, levante telhados, derrube objetos… ouça o que ele diz, as coisas que ele traz de tantos lugares diferentes e inimagináveis os quais talvez você nunca, jamais poderá visitar…repare como ele também se movimenta..às vezes com doçura, às vezes com fúria. O vento também sente. Sinta-o de volta.

Ame. Ame, ame, ame. Perdidamente, loucamente, intensamente, com todas as suas forças. Apaixone-se. Encante-se. Enleve-se, Maravilhe-se. Iluda-se. Voe. Flutue. Doe-se total e incondicionalmente. Sorria. Gargalhe. Embriague-se. Impregne-se. De bebida, de amor, de prazer, de alegria, de amizade, de contentamento, de orgulho, de bondade, de júbilo, de existência. De momentos.

Odeie. Pragueje, esmurre, destrua, queime, arda,absorva, xingue, amaldiçoe, abomine, execre, deteste, grite, brigue, esbraveje. Expurgue. Consuma-se até não sobrar mais nada disso em você.

Entristeça-se. Chore. Queixe-se, lastime-se, reclame, deplore, constranja-se. Perca-se de si mesmo. Mergulhe no lago glacial da angústia…aquele que fica no poço escuro da auto-comiseração. Vá até o fundo. Fique ali, imerso, estático…entre em apnéia.

Feche os olhos… tenha vontade de morrer. De nunca ter nascido. Lamente. Por ter tentado, por nunca ter tentado, por ter ido, por nunca ter ido, por ter conhecido, por nunca ter conhecido, por ter se envolvido, por nunca ter se envolvido, por ter escolhido, por não ter escolhido, por ter feito, por não ter feito, por ter falado, por não ter falado… arrependa-se. Do que fez, do que não fez, do que poderia ter feito…. Sorva seu próprio veneno.

Envergonhe-se. Olhe nos olhos da desilusão, ouça o riso sarcástico da impotência, resigne-se com a indiferença da total falta de controle sobre tudo e todos, sobre si mesmo… e pranteie. Pranteie até desfalecer.

Olhe para a casa vazia, a cama vazia, a vida vazia, o coração vazio a alma vazia e encha-a, encha-a de melancolia, de desgosto, de decepção, de revolta, de confusão. Entranhe-se. Estranhe-se. Feche-se. E purgue, expulse tudo isso de sua alma. Vomite. Expie. Limpe-se. Purifique-se, como num batismo…e então, VOLTE.

Volte…volte… nade aos poucos para a superfície…porque você precisa de ar, de luz, porque já não é mais a mesma pessoa e as coisas já não são as mesmas. Porque seu tempo ali acabou, como tudo acaba um dia. Nade, esforça-te…ponha a cabeça para fora… Aspire! Inspire! Grite. Encha os pulmões de ar até senti-los doer. Você está vivo, afinal. Está de volta e pronto para encarar tudo de novo…Isso é viver. Isso é sentir. Isso é ser… humano.

No dia quem você passar para o outro plano, morrer, vestir o terno de madeira, ir pro céu, pro paraíso, para a luz, virar poeira, desaparecer, ir pro inferno, pro sheol, pro valhalla, desencarnar, sabe-se lá-no-que você acredita ou não acredita, não haverá nada terreno ou material que você poderá levar, NADA. Você vai exatamente como veio. Nu, em todos os sentidos. Exceto por sua alma.

E ela é o templo dos sentimentos. O baú onde eles estão guardados. É isso que vai sobrar, no final.

As lembranças, a experiência. O que ficou registrado de tudo o que viveu. O que fez sua vida valer a pena. O que vem depois disso ou o que você vai fazer com isso é outro assunto…e eu sinceramente não sei, nem me preocupo muito. A única coisa que gostaria de dizer é apenas: sinta."


(Gabi Franco)

"O ano novo não existe, é tudo conversa pra vender sidra."

Li no Obnubilado

24.12.09




Queridos Amigos
Estarei fora alguns dias...
Deixo meu carinho a quem passar por aqui.



21.12.09

Casamento lindo!


Rachel & Leandro (Bagé)





Bagé - melhor amigo do Dude. Vivia aqui em casa, aprendi a querer um bem enorme.
Conheceu a Rachel e nunca tivemos dúvidas de que formavam um casal perfeito.
Queridos demais!
Ontem fomos ao casamento deles. Emocionante.
Daquelas coisas que queremos guardar para sempre. Sentimento bom. Certeza de que a felicidade é possível. Pode ser cultivada, construída, conquistada.
Festa linda! Pura alegria!


Da "insustentável leveza do ser"


"...
mas, na verdade, será atroz o peso e belo a leveza?
o mais pesado fardo nos esmaga, nos faz dobrar sob ele, nos esmaga contra o chão. Na poesia amorosa de todos os séculos, porém, a mulher deseja receber o peso do corpo masculino. O fardo mais pesado é, portanto, ao mesmo tempo a imagem da mais intensa realização vital. Quanto mais pesado o fardo, mais próxima da terra está nossa vida, e mais ela é real e verdadeira.

"...
deitar com uma mulher e dormir com ela, eis duas paixões não somente diferentes mas quase contraditórias. O amor não se manifesta pelo desejo de fazer amor (esse desejo se aplica a uma série inumerável de mulheres), mas pelo desejo do sono compartilhado (este desejo diz respeito a uma só mulher).”


(Trechos do livro " A insustentável leveza do ser", de Milan Kundera).

19.12.09

Tá mais do que na hora


(Da gente entrar no clima de Natal....)

Em 2010...

Construa um ano novo melhor
Descubra como reprogramar sua mente para transformar sua vida
(Por Vanessa Mazza)

"Nós não percebemos, mas quando alimentamos pensamentos de raiva, tristeza, culpa, incompreensão ou inveja criamos uma aura energética ao nosso redor que irá atrair tudo aquilo - pessoas, situações, objetos - que emitam a mesma energia.
Não é a toa que quem está mal por dentro, atraia pessoas desonestas, acidentes, problemas, erros, humilhações, faça maus negócios, compre aparelhos que quebram facilmente, fique doente com frequência e viva constatemente preso num looping de acontecimentos que sempre se repetem."

Então...
"Reprogramar a mente é substituir padrões antigos, verdades inconvenientes, por outros que lhe sejam favoráveis.
Afinal, somos moldáveis, somos perfeitos e divinos. Podemos de fato evoluir o tanto que nos predispormos. É o nosso livre-arbítrio em ação."

"Como fazer isso?
Vamos repetir diariamente e o tempo todo novas verdades, substituindo pensamentos negativos e limitadores e impedindo-os, inclusive, de se manifestarem. Muitos dirão que isso é difícil, mas cabe a cada um de nós se observar e, prestando atenção, começar a orar, pois estas mentalizações nada mais são do que orações, no sentido mais puro da palavra, que é o de se limpar energeticamente de tudo aquilo que pode nos prejudicar."



A delicadeza dos sentimentos bons deixa a alma leve...

18.12.09

Sucos e Batidas

Perfeitos para esta época do ano!
Escolher uma fruta, muito gelo e bater no liquidificador.
Detalhes: coar ou não, acrescentar creme de leite, iogurte ou leite condensado.
Mel, folhinhas de hortelã, água gaseificada...
E, ainda, vodca ou um espumante... Fica delicioso!

Projeto pelotense de guirlandas de Natal


Achei linda esta aqui, feita com pinhas, livros e hortências desitratadas.
Mais detalhes no site da Livraria Vanguarada.

Reencontros


Há quem reclame da correria do final de ano. Definitivamente não é o meu caso!
Nesta época sempre reencontro pessoas que amo e que moram longe, e isto não tem preço!
Gosto dos almoços, das ceias, dos presentes, das luzinhas enfeitando os jardins...
Ontem jantei com o Dude e a Isara que chegaram de Santa Maria e com o Bagé e a Rachel, que vieram do Mato Grosso e casam domingo! Além deles, Mário, Mara, Antônio, Lídia e Henrique.
Jantamos no Tio Hugo, especializado em galetos, mas que tem a melhor polenta que já comi!
Bom demais!

17.12.09

Henrique em viagem ao exterior!

:P


Sim! Isso mesmo!
Este moço, aí em cima, foi passear em Rio Branco, Uruguai! Heheheh!
Terras estrangeiras, pero no mucho:
sua bisavó materna, Zulma, nasceu e tem família em Montevidéo!

Junto com o Henrique, neste passeio, seus papais Lídia e Igor, sua avó Laura,
Tia Fabiana e primo Matheus. Muitas compras, lanchinhos, fotografias...
Os dois nenéns não deram o menor trabalho e o dia foi maravilhoso!

12.12.09

Medicina Antienvelhecimento

Vcs assistiram à entrevista do Dr. Ítalo Rachid sobre antienvelhecimento no programa da Marília Gabriela?
Eu achei bem interessante! Assuntos como longevidade saudável e reposição hormonal são coisas que começam a me preocupar. Ele diz:
“A ciência moderna é detentora de conhecimentos que nos permitem afirmar que os hormônios não caem porque nós envelhecemos, e sim, nós envelhecemos porque os nossos hormônios caem”.



Pesquisando um pouco mais sobre o Dr. Ítalo Rachid, li na coluna da Hildegard Angel, do JB:
.

"Queridos leitores, a juventude eterna é possível. E não é bruxaria. É tecnologia. Ou melhor, ciência. A base de tudo é a inversão do paradigma de que o envelhecimento provoca a queda do hormônio. É a queda do hormônio que provoca o envelhecimento. Mas não pode ser esse hormoniozinho por aí, que a gente conhece, e que volta e meia provoca um câncer de seio ou um de próstata, já que sua estrutura não condiz com a das nossas células, e as desestabilizam. É o hormônio bio-idêntico, que se adapta como uma luva às células humanas. Esses hormônios, e mais os hormônios de crescimento, são essenciais para se reverter o processo que se acreditava inexorável do envelhecimento."

Esfomeados!

.



Heheheh! Não me ocorre outro nome para este post!
Fomos no Croasonho: eu, a Kika com o Henrique, o Igor, a Fabiana com o Matheus e a Laura - avó paterna do Henrique e materna do Matheus! Deu para entender?
Os lanches são maravilhosos e as sobremesas... Hummmmm... A minha veio com calda extra de chocolate e me dá água na boca só de lembrar!
Só que o Henrique e o Matheus viram que era a hora do lanche e também quiseram mamar, o que justifica o nome do meu post!
Muito bom estar com eles! Adorei o lanche e, mais do que tudo, ver duas mamães tão lindas amamentando seus filhotinhos esfomeados!
.

(Leiam a crítica gastronômica do Amigos de Pelotas e terão uma boa idéia do lugar.)
Uma boa descrição, também, no Vigília Gastronômica,
mas tivemos mais sorte, os croassants estavam fresquinhos.)

10.12.09

Personagens

.



"Inventamos os personagens dos nossos parceiros e depois ficamos arrasados,
quando eles se recusam a desempenhar o papel que criamos”.


(Elizabeth Gilbert / Li no blog da pelotense Marta S. Costa)



9.12.09

Declaração de Amizade

Este meme fofinho, recebi da Flávia, do Desabafo!
Uma bela oportunidade dizer a todos os que passam por aqui (e deixam os comentários mais gentis e generosos que eu jamais imaginei!), o que realmente eu sinto!



" Amigos,
dizer que admiro e gosto de vocês é muito pouco, porque uma amizade como a nossa merece mais, merecia ser descrita no infinito para que todos pudessem entender o que realmente ela representa na vida de cada um de nós, não sei se declaro, homenageio ou agradeço.

Se eu fosse declarar, diria que sem você em meu caminho não haveria tantas coisas a contar!
Se fosse homenagear você, gostaria de lhe oferecer o brilho das estrelas e o caminho do calor do sol e vocês ficariam muito mais conscientes desse meu gesto...
Mas prefiro agradecer, agradecer à Deus pela amizade de vocês, dizer a ele que foi o melhor presente que recebi em minha vida, que vocês são realmente seres iluminados que conseguem trazer ao mundo um grande carisma e um grande companheirismo, vocês representam com nobreza a palavra amizade.
Obrigada por fazerem parte de minha vida!
"
.
Obrigada, Flávia!
Muito bom ter amigos! Virtuais, reais, cotidianos...
Todos tão importantes, com o dom de fazerem a minha vida muito melhor!
Não quero interromper o meme, mas acho impossível nomear apenas 10...
Portanto, sintam-se todos alvos da minha gratidão e da minha amizade!


"Não conheço nenhuma fórmula infalível para obter o sucesso,
mas conheço uma forma infalível de fracassar: tentar agradar a todos."


John F. Kennedy / Li a mesma coisa no Esconderijo, ontem.

Abra seu coração para o novo

Texto de Léo Artése

Link da Imagem


"Você já deve ter percebido que geralmente é necessário viver por momentos de crise para que realmente as pessoas mudem hábitos e costumes.

Geralmente essas crises acontecem quando estamos agarrados a velhos padrões de comportamento. Sabemos que tem que mudar, mas inconscientemente permanecemos agarrados a eles: é o medo do novo.

Parece ser mais seguro ficar com aquilo que já conhecemos.

Quando chegam as crises, dá impressão que o mundo acabou, enxergamos apenas o sofrimento, o caos!

Por que isto está acontecendo comigo? É injusto! Sou uma pessoa tão boa! Não devia ter acreditado. Bem que me falaram. E etc, etc, etc...

Tudo a nossa volta está em constante processo de transformação! Olhe a sua volta. Você irá perceber que todos têm questões a resolver. Mudar significa desapegar!

Quando você se compromete com seu caminho de transformação, o mundo em sua volta também muda! Esse caminho é desafiante, árduo, mas seus resultados são gratificantes!

Você poderá começar seu processo de transformação pelas pequenas coisas, assim irá exercitando sua mente para as grandes e necessárias transformações."




"Por exemplo, vá até o seu armário! Abra a porta e observe-o por alguns minutos.

Veja todas as roupas que estão lá guardadas e perceba quantas peças você já não utiliza.

Outras você quer acreditar que um dia ainda poderá usar, porém o tempo passa e elas ficam pra lá. Algumas estão até velhas e fora-de-moda, daí você cria uma ilusão que poderá usá-las para "bater". Mas a peça fica parada tomando o espaço de peças novas. Tomam espaço enquanto poderiam ser úteis para alguém.

A acupuntura explica que a dor é excesso de energia concentrada em determinado ponto. É energia parada, sem movimento, sem fluência.

Analogamente poderia estar um relacionamento sem qualidade, onde as pessoas tomam espaço no armário emocional, numa relação sem amor, sem respeito, achando que um dia possa melhorar, acreditando que um não possa viver sem o outro, pensando ser ruim com a pessoa e pior sem ela, ou por costume, ou para evitar conflitos familiares, chegando ao ponto de procurar o complemento emocional em relações extras.

Desculpas existem várias, mas saiba que estará bloqueando a sua realização e ocupando o lugar de alguém que poderia chegar em sua vida e também impedindo o outro na sua realização.

Estará menosprezando a sua capacidade, seu potencial de amor, perdendo o seu tempo, sufocando a sua criatividade, impedindo o seu caminhar na estrada da vida, criando karmas.

Você poderá começar a mudar esse jogo através de seu armário.
O armário de roupas é o reflexo da pessoa. É como se dissesse:
Mostra-me teu armário e eu lhe direi quem és!

Lá está você, o seu estilo, as suas cores. Verifique tudo o que está parado na sua vida, deixe a energia fluir começando pelo armário.

Retire tudo o que não usa. Doe para quem precisa.

Livre-se do que não é importante, poderá ter importância para o outro.
Comece a transformar sua vida pelo armário e as outras mudanças virão.

Parece simples, mas requer disposição!"

Francesinha "black"

Você usaria?


Eu usaria, numa noite especial.
Tem até tutorial no You Tube!

.

7.12.09




"Temos o hábito de deixar nosso pior para quem amamos
e acreditar que intimidade perdoa qualquer coisa."


Carpinejar

Impressionante:



"É essa a sensação hoje no país.
Ninguém é culpado.
Todos se sentem protegidos pela teoria do rabo preso conjunto."

(Ruth de Aquino)


Quem é que assiste ao noticiário da TV e não se sente assim?

"Blog Instigante"

Atualizado!
(Tinha sido publicado em 23/11/09.)




"O selo premia blogs que, além da assiduidade das postagens e do esmero com que são feitos,
nos provocam necessidade de refletir, questionar e aprender".

Ganhei da Kika e, agora, da Nade!



Passo para os blogs linkados aqui.



6.12.09

Tarot

Li no "Taroterapia":
"Um dos estudos mais fascinantes dentro do Tarot é o que combina a numerologia, a análise do nome e as lâminas do Tarot."


dez/2009

Meu resultado:

"Seu Arcano Pessoal é - A SACERDOTISA
Palavras-Chave: Compreensão e Serenidade
Acontecimento importante aos 2 anos de idade;
Vê na mãe, sua bússola pessoal;
Espírito meditativo;
Cuidado e zelo;
Natureza muitas vezes caseira;
Interesse pela educação;
Pode contradizer-se com facilidade;
Silêncio;
Observação e análise;
Colaboração;
Dependência emocional;
Melancolia;
Apega-se demais aos outros;
Busca do par ideal;
Dúvidas acerca da própria capacidade;
Gosto pela leitura;
Cede demais;
Acomodação;
Assume o cuidado de alguém próximo;
Timidez ou inibição;
Intuição;
Reservas;
Economia e moderação;
Busca uma ambientação com pessoas ou coisas;
Preza pelo máximo de segurança;
Muito solicitada;

Deve desenvolver mais força de vontade em tudo;
Vire a página de seu passado;
Não se reprima emocionalmente;
Procure desfazer-se do que é velho;
Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje;
Seja mais ambiciosa;
Trabalhe seu conformismo;
Não se feche em si mesma;
Atenção ao aparelho digestivo, bexiga, olhos, sist. celular, líquidos do corpo;
Não desconsidere seu conhecimento;
Servir é uma das suas funções;
Organize seus papéis;
Atenção à família;
Transforme suas lágrimas em suor;
Mantenha-se firme em suas metas;
Não desperdice seu tempo com futilidades;
Não dê ouvidos a comentários maliciosos;
Vença a passividade;
Supere-se."
Achei bem interessante!
Entre no site e faça também! Se quiser, deixe o resultado na página de comentários!

Para amenizar o calor

.

Idéias do The Style Files.

.

Cerâmica ou tricô?

Adorei!


4.12.09

Dez (quase) Amores - A peça!

"O espetáculo teatral Dez (Quase) Amores é uma comédia baseada no livro de Claudia Tajes, lançado em 2000, pela editora L&PM. Assim como no livro, a peça traz Maria Ana como personagem central, que sem pudor e bastante humor, percorre as vielas de amores absurdos, vivendo-os como se o amor fosse pra sempre. Mas quando acaba, o coração partido de Maria Ana, regenera-se rapidamente.
A peça mostra esses encontros e desencontros, vividos na infância, adolescência, amadurecimento e (quase) maturidade da personagem. É o amor visto pelo lado feminino, sem água e sem açúcar, mas com a malícia que um retrato da mulher livre contemporânea requer." (Divulgação)


"Não é bem o Sex and The City. Mas quase."
(Link)

"O grande mérito da produção do grupo é mesmo Cláudia Tajes e a forma como ela aborda o tema relacionamentos. Com isso, não quero dizer que o grupo não seja digno de elogios e considerações. Há muitas formas de se abordar a literatura para trazê-la para o palco: a leveza foi a feliz opção do grupo que nos proporciona, ao mesmo tempo em que se divertem, com um espetáculo simples, suave e sutil.

O ritmo da direção é rápido e não impõe barreiras. Bahlis sabe que está lidando com uma história contemporânea: a protagonista Maria Ana dá bom dia e boa noite num intervalo de segundos e sai de casa para o circo enquanto atravessa o palco. Uma década passa em uma cena, e um cigarro já informa qual é o clima em questão. Conta-se a história das desventuras amorosas de uma mulher que gosta de beijar na boca, ser feliz e ir pra praia que faz tudo isso no exato momento em que mostra que está fazendo. Nada, além do ato, é necessário. E entendemos tudo sem necessidade de grandes explicações." (Daqui.)



Clarissa, Lídia e eu, ontem, no Teatro Sete de Abril.
Adoramos a peça e já tínhamos nos deliciado com o livro!
(Contei aqui.)
Se entrar em cartaz na sua cidade, não deixe de assistir!

Se você não se distrai

(Zélia Duncan e Christian Oyens)


Se você não se distrai
O amor não chega
A sua música não toca
O acaso vira espera e sufoca
A alegria vira ansiedade
E quebra o encanto doce
De te surpreender de verdade
Se você não se distrai
A estrela não cai
O elevador não chega
E as horas não passam
O dia não nasce
A lua não cresce
A paixão vira peste
O abraço armadilha
Se você não se distrai
Não descobre uma nova trilha
Não dá um passeio
Não ri de você mesmo
A vida fica mais dura
O tempo passa doendo
E qualquer trovão mete medo
Se você está sempre temendo
a fúria da tempestade
Hoje eu vou brincar
De ser criança
E nessa dança quero encontrar você
Distraído, querido
Perdido em muitos sorrisos
Sem nenhuma razão de ser
Olhando o céu
Chutando lata
E assoviando Beatles na praça
Olhando o céu
Chutando lata
Hoje eu quero encontrar você distraido...


Colorindo


E chega de roupa escura! Heheheh!

Amigos.


Tenho recebido tantos emails, tanto carinho, tanta atenção que nem esperava e nem sei como verbalizar, contar aqui. Tem sido um alento, um aprendizado, um jeito inesperado de reconhecer que tudo, afinal, tem um lado bom.
Amigos são presentes. Poder confiar, confidenciar, desabafar é bom demais.
Cada um que ler este post vai saber a que eu me refiro. Cada um sabe o bem que me fez, com palavras de compreensão, de estímulo, de ensinamento.
É a cada um de vocês que quero abraçar, com todo o meu reconhecimento e gratidão.

2.12.09

Selinhos!

Alegram a vida de qualquer blogueira!
:)
Ganhei dois, fofíssimos:

&


O selinho de reconhecimento pela amizade ganhei da Flávia!
E o das borboletinhas, da Lúcia!

Obrigada, meninas!
Adorei!

1.12.09

Olhem que lindo!



A Flávia indicou o Roccana para ser destacado no blog Vida Blogueira.
Fiquei emocionada demais com tudo o que foi dito por ela e pela Nade, de forma tão carinhosa, e não podia deixar de dividir com vocês:

"Minha nossa! Essa foi a primeira expressão que me veio na cabeça quando acessei o blog Roccana. Ela já é avó! Ela é tão nova e… tão linda, por dentro e por fora. Falo com tamanha certeza depois de percorrer as tantas publicações e constatar o carinho presente em cada palavra, em cada imagem, em cada momento retratado, dividido para quem for lá testemunhar o sentimento de uma mulher pela sua família, sua vida.

A sensação é de estar lendo um diário mesmo, daqueles que tem papéis colados que simbolizam um acontecimento muito especial. Várias fotos de momentos inesquecíveis são sua marca registrada. O que mais me chamou a atenção foi as fotos na sidebar do blog, como um daqueles móveis de sala cheios de porta-retratos que seduzem qualquer um.

É nítido também o quanto ela gosta de blogar, de dividir seus momentos com os amigos blogueiros. Ela adora estar em casa, fazendo as suas coisas, ouvindo música, mexendo nas suas fotos digitais, lendo os blogs que gosta. Mas também gosta de estar entre amigos e ela é bastante querida! Também, pudera… Uma mulher exemplo de amor verdadeiro tem mais que ter um monte de gente por perto pra ensinar a valorizar os pequenos e intensos momentos de felicidade.

Até pela experiência, as suas postagens sobre a sua vida é de uma suavidade impressionante. Verdadeiras lições de vida e provas de amor, além de chamar a atenção para assuntos que pouca gente gosta de expor. E ela expõe brilhantemente… É claro que encontramos histórias hilariantes, que deixam dores abdominais de tanto rir, mas também lemos histórias de muita saudade… É uma mulher de orgulho das suas raízes, da sua terra, do seu Rio Grande, como boa gaúcha que é. Agora, o que há de mais apaixonante é o Henrique. Que guri lindo! E ver ela se apresentar como Anavó já diz o que essa mulher tem de especial…

O Roccana, pela Flávia: “A Ana é tão especial, iluminada que fico até sem palavras! Ela escreve de um modo tão simples mas ao mesmo tempo forte… Consegue passar seus sentimentos pelo blog de um modo lindo…”



Obrigada, Flávia!
Obrigada, Nade!
Vocês me deixaram absolutamente feliz!

Related Posts with Thumbnails