26.9.16

Levar a vida na boa

   "Bom humor não é para qualquer um, é para quem entende que a vida nem sempre é do jeito que pensamos, que muitas vezes a queda é inevitável e que a lágrima surge sem avisar. Levar a vida na boa é saber que tudo tem seu tempo e que os altos e baixos surgem para nos ensinar alguma coisa. O que melhora a situação é o modo como a enxergamos e rir de si mesmo faz com que as dificuldades se tornem mais leves. Bom humor, sorriso e leveza é o que temos para hoje. Afasta de mim os mal amados, os mau humorados e os mal vividos, porque o que eu quero é ser feliz."

Fábio Figueiredo 
Terapeuta holístico, palestrante e escritor

Imagem Facebook

23.9.16

Euzinha!


O Pedro fotografou a imagem de um vídeo que eu nem lembrava mais! Eu tinha 30 anos e, nessa época, estava empenhada em cuidar dos meus filhotes e vivia tirando fotos deles, só que não aparecia em nenhuma!
Por coincidência é a idade da Lídia, agora, e achei que ela está a minha cara...


22.9.16

Aniversário do Ricardo

20 de setembro!
Porque ele não poderia ter nascido em outra data...


"Pode-se admirar um homem sem amá-lo.
Mas não amar um homem sem admirá-lo."

(Fabrício Carpinejar)

Um gaúcho bem montado

Meu sobrinho Didi Teixeira em foto de Maria Esther.

Vai descendo a Pires Porto
Um gaúcho bem montado 
Orgulhoso, carregando
A bandeira do seu estado...

Estado de tantas glórias 
Que peleou por liberdade
E hoje um gaúcho a cavalo 
Carrega esta identidade.

Gujo Teixeira

DNA Farroupilha

Desfile do Dia 20 de Setembro 
Lavras do Sul


Retorno, no final da tarde.


Agradeço a Maria Júlia Medeiros (2 fotos na segunda colagem ), a Nilda Machado (1 foto na primeira colagem).

A bandeira do Rio Grande!


"Vinha desfraldando a pátria
nas cores de uma bandeira
sentido de uma vida inteira
por respeito a um torrão
pois palpita no coração
o sangue de trinta e cinco
e de a cavalo eu sinto
sempre a mesma emoção."


Ricardo Haas

16.9.16

Concurso de declamação

Noite fria, de lindas apresentações!
Ricardo foi jurado e não foi tarefa fácil escolher os melhores.
Adorei essa prendinha, chamada Manuela!

Preparativos para a Semana Farroupilha

Gosto da movimentação, do cuidado com os cavalos, do orgulho dessa gauchada!
É muita tradição!

15.9.16

E lá se foi metade de setembro...

Dias maiores, mais ensolarados, fazem a natureza colorir e encantar! O perfume das flores das laranjeiras é indescritível! 
Muita gratidão por cada dia, vivido no nosso Galpão! Amigos por perto, terra brotando, muito trabalho, chimarrão com o Ricardo... Amo muito tudo isso!

13.9.16

Desistir??


“Que nunca nos falte coragem para desistir. 
Algumas conquistas só nos chegam 
depois que deixamos de perseguir o que não foi feito para nós.”

9 passos para perder peso

Continuo lendo sobre dietas, enquanto não começo a fazer nenhuma!
Desta vez, dicas do nutricionista Philip Goglia, que me pareceram bem interessantes:

1. COMA PROTEÍNA À NOITE
A refeição com mais proteína a ingerir deve ser feita à noite. É quando seu corpo tem tempo para descansar e reparar os tecidos musculares.

2. FAÇA LANCHE COM AMÊNDOAS
Busca um lanche pré-academia? Coma cerca de 12 amêndoas com um pedaço de fruta. É uma ótima fonte de gordura e energia. A combinação de açúcar e a gordura será extremamente energizante para malhar por 90 minutos ou menos.

3. DÊ ADEUS AO PÃO
Evite alimentos com múltiplos ingredientes, como pão cereais, bolos industrializados, etc. Basicamente, fique longe tudo o que contém fermento, açúcar e glúten.

4. TENHA CUIDADO COM SUPLEMENTOS
Nunca substitua os alimentos e os exercícios pelos suplementos.  Eles, não importa o tipo, não consertarão o estrago feito pela pizza ou por ter pulado uma refeição.

5. FIQUE LONGE DOS ALIMENTOS COM "BAIXO TEOR DE GORDURA"
Evite produtos que sugerem ter baixo teor de gordura ou pouco ou nenhum açúcar no rótulo. Eles não costumam fazer bem à saúde.

6. ELIMINE LATICÍNIOS
Tente eliminar o máximo de laticínios de sua dieta. Mas um pouco de leite no leite no café não tem problema.

7. SIMPLIFIQUE
Embora o metabolismo de cada pessoa seja diferente, para uma dieta saudável, qualquer um pode ingerir peixe, carboidratos (batatas, arroz, inhame e batata doce), frutas e vegetais frescos.

8. HIDRATE
Sempre tente hidratar o corpo apropriadamente. Você deve beber de dois a três litros de água por dia.

9. EVITE BEBIDAS ESPORTIVAS
Muitas delas têm alto teor de sódio e açúcar, sendo que algumas possuem cafeína, o que pode provocar desconforto digestivo. O tipo de energia que você ganha dessas bebidas não será duradoura.


12.9.16

Mudanças possíveis

Uma reforma econômica mudou a cara desta cozinha.
A moradora colou, nas portas dos armários, poemas favoritos, citações, receitas, fotos vintage e tudo que colecionava, sem nenhuma finalidade, há tempos. E retirou as portas dos armários aéreos, expondo objetos que ficavam escondidos, mas que mereciam destaque. Depois arrematou as prateleiras com papel quadriculado em preto e branco e branco e vermelho, que também emoldurou as colagens, dando unidade às mudanças.
Algumas invenções (espelho e abajur, raramente são usados em cozinhas!), cortinas, pinturas, novo uso para alguns objetos (por exemplo, a tampa de uma panela, que se transformou em porta-guardanapo) e tudo se renovou. Uma graça!



"Não há regras sobre decoração. Você pode fazer o que quiser. 
Divirta-se com sua casa!"
Veja mais detalhes aqui: Cozy Little House 

Novas cores

 
 
 
 
 




Pois é


"Cada um que examine o baú de suas prioridades, 
e faça a arrumação que quiser ou puder."

Lya Luft

9.9.16

"O mundo ampulheta
Os olhos de areia"



Ah, os palestrantes...

          "Bel Pesce é só um sintoma.
          "Those who can't do, teach.
          Those who can't teach, teach gym." - Woody Allen
Devo fazer parte de uma das últimas gerações que trabalhou antes dos computadores invadirem o mundo.
Internet, então, nem pensar. 
Comecei a trabalhar quinze anos antes dos primeiros e-mails comerciais circularem no Brasil.
Então assisti de camarote o aparecimento de um novo jeito de trabalhar.
Primeiro eletrônico, bytificado.
Depois digital, conectado.
Finalmente rede-socializado.
Lá atrás, o início dessas mudanças, foi devastador.
Deixou inseguros os profissionais da época.
Deixou órfão de referências quem entrava no mercado.
Afinal, a cada seis meses o mundo mudava de alguma maneira.
Globalizava, Conectava, Reestruturava, Empreendia, Acelerava.
Todas essas mudanças, começaram lá pela segunda metade da década de 80 e continuam a nos surpreender a cada novo gadget, a cada novo app, a cada novo comportamento que a gente se pega aderindo.
Esse contexto criou um novo profissional: o palestrante.
O palestrante sabe mais do que você e eu.
Fez cursos que você nem sabia que existiam.
Participa de associações com siglas confusas.
Você se pergunta: mas como esse sujeito pode ser especialista numa coisa que até outro dia não existia?
Como você não sabe a resposta, por isso fica ainda mais inseguro. E compra o ingresso da próxima palestra.
A apresentação do palestrante é reconfortante porque permite que você veja, mesmo que por 30 minutos, um pouco "de tudo que vem por aí", "do mundo conectado", "dos millennials", "das mídias sociais", "do empreendedorismo", "da vida líquida" e por aí vai.
Quanto mais novidades, mais desprotegido você se sente.
Então você faz cursos, assiste palestras, compra livros.
Mas não adianta. 
Em seis meses estará tudo ultrapassado de novo quando o novo novo chegar.
Por isso o sucesso meteórico de Bel Pesce.
O palestrante de hoje é um guru.
Um oráculo.
Como todo guru/oráculo, sua origem é misteriosa.
E suas conquistas profissionais também.
A gente não liga, nem pergunta.
Porque a gente não quer explicações sobre passado.
A gente quer é segurança para o futuro.
A gente quer consolo de que podemos chegar lá.
A gente quer sentar numa sala repleta de perdidos como nós e sentir que não somos os únicos.
A gente quer alguém lá na frente para admirar e sonhar com o dia em que chegaremos lá, apresentando nosso sucesso.
Nas últimas décadas, um monte de gente ganhou dinheiro assim.
Vendendo boia para quem acha que não sabe nadar.
E segue o enterro."
(Mentor Neto, via Facebook.)


"Afinal, a cada seis meses o mundo mudava de alguma maneira.
Globalizava, 
Conectava, 
Reestruturava, 
Empreendia, 
Acelerava."



8.9.16


"Que tudo seja leve
de tal forma
que o tempo nunca leve."

Alice Ruiz 

Simplificar a vida

“Quanto mais o tempo passa, mais se torna necessário simplificar a vida. O que não impede de estarmos abertos para algumas surpresas. Escutar mais do que falar, aprender mais do que ensinar, enxergar mais do que aparecer – não seria o ideal? Lutar contra o próprio ego não é fácil, mas é o único jeito de mantermos uma certa sanidade e paz de espírito.”


Martha Medeiros / Imagem Twitter

Tão lindas!

As_gaúchas
Gisele Bündchen  na Olimpíada Rio/2016 e Fernanda Lima, na Paralimpíada Rio/2016.

6.9.16

"Minha casa, minha vida"

Trechos do artigo da Cora Ronái
O Globo, Segundo Caderno, 1.9.2016

"As casas envelhecem junto com os donos. Em geral compramos os nossos imóveis no auge das nossas vidas produtivas, e eles tendem a congelar aquele momento do tempo. Os azulejos da cozinha e do banheiro, as ferragens das pias, os lustres, os interruptores: tudo fala de uma época.
Gosto de fazer arqueologia urbana nos anúncios do Zap. Eles já foram mais divertidos. Nos primeiros tempos, quando a ideia de negociar imóveis online era nova, as fotos eram ingênuas e espontâneas, e mostravam casas desarrumadas, panos de chão soltos no banheiro, roupas no varal; às vezes, aqui e ali, se via uma tia no sofá, uma criança que continuou brincando no quarto. Hoje todos já se deram conta do poder das imagens, e mesmo os mais humildes conjugados são exibidos com certa arte, paredes pintadas, janelas brilhando.
Bairros tendem a envelhecer juntos.
Em Copacabana estão os apartamentos dos velhinhos que se foram, postos à venda pelos familiares, com os seus antigos armários embutidos, os tanques de alvenaria, as torneiras que estavam tão em moda nos anos 70. Eles me lembram os apartamentos dos meus tios, os grandes triunfos materiais daqueles imigrantes trabalhadores e sofridos, postos nos trinques quando foi possível, mantidos a duras penas ao longo da vida.
Gosto de imaginar a história dos apartamentos e as vidas que passaram por eles. Gosto dos que têm personalidade, daqueles em que os moradores investiram pelo menos um pouco de criatividade além do dinheiro. Por outro lado, fico deprimida quando vejo uma enfiada de imóveis obviamente reformados para aluguel ou para serem passados adiante, despidos de qualquer humanidade nos seus materiais básicos, frios e sem erro.

Volta e meia me pego olhando para a casa, a minha casa, com olhos alheios. Gosto que ela se pareça comigo, mas não quero que tenha a minha idade. Quero que tenha a idade do seu tempo, do meu tempo, de ontem e de hoje, sem entregar de imediato que ali vive uma velhinha que se mudou em mil novecentos e antigamente.
Quero, sobretudo, que saia água das torneiras, quando abertas, e que não saia, quando fechadas.
Tenho a exata noção desse privilégio."










Fotos do Facebook da Cora.

4.9.16

Chá para uma bebezinha muito amada!

Gosto de comemorações e rituais. O Chá de Bebê é um dos mais bonitos. Significa que os pais terão parceiros, amigos e família por perto, amando, ajudando e acolhendo o neném que está chegando.
Desta vez serei avó de uma menina, que se chamará "Elisa", e essa novidade tem me deixado muito feliz

Lindamente decorado pela Tia Cristina, que também tirou estas fotos.
Veja mais aqui: Cris Decora/Facebook.
Biscuits Ednar Art

Meu gurizinho banguelinha!
Amo taaanto!

   Fofurices e delicadezas para a Elisa... 
Muito bom ver o brilhos nos olhos e o sorriso do Anselmo e da Isara 
- que está uma grávida bonita demais!

1.9.16

 

“Quem sabe que o tempo está fugindo descobre, subitamente, 
a beleza única do momento que nunca mais será…”

Rubem Alves

Related Posts with Thumbnails