24.10.09

Aniversário da minha mãe



Tão difícil falar nela...
Não consigo ajudá-la, mal a reconheço, perdida em sua dor...
Dona Célia tão cheia de vitalidade e de planos, agora mergulhada num mundo escuro e misterioso.
Uma doença dolorosa demais levou o que ela tinha de melhor: sua alegria.
Neste dia me recuso a acreditar que vai ser sempre assim. Mas de onde tirar esperanças?
Acabei de falar com ela no telefone. Sinto uma saudade dela que nem consigo externar...
Minha mãe. Queria que fosse tudo tão diferente...

5 comentários:

Lúcia Soares disse...

Ana, que sua Mãe consiga encontrar a luz. Talvez a dor pela perda do filho seja a principal causa. Uma fuga da realidade que deve doer demais.Pena que não possam ajudá-la, mas é assim mesmo. Às vezes nem o amor dos que ficaram consegue tirar a pessoa do mundo onde ela se colocou. Mas continuem tentando, sempre. Bj

Heloísa disse...

Ana,
Que triste!
Acho que a única forma de ajudar é demonstrando carinho e amor. Ela deve, de alguma forma, perceber que é querida.
Beijo.

cíntia disse...

Aninha... fico triste e me emociono junto contigo. Que tua mãezinha esteja sendo bem cuidada por nossos amigos espirituais, e que encontre conforto mesmo que em silêncio.
Um beijo e um abraço forte.
Feliz aniversário, dona Célia.

Beth/Lilás disse...

Ana,
Mais um ano e vc escreveu quase o mesmo no ano passado.
Espero que ela reaja, sempre há tempo.
Enquanto isso, continue dando amor e atenção, pois é o que ela mais precisa.
bjs cariocas

Rosamaria disse...

Ana, só quem conheceu a Célia com sua alegria e vitalidade pode avaliar como ela está agora. Pensa nela como era antes e dá todo o amor e carinho que puderes.
Bjim pra ti e pra ela.

Related Posts with Thumbnails