25.5.12

Meu irmão





Para o Pigue, porque ele sempre ouvia essa música.


7 anos, hoje.
Muitas saudades...
A vida perdeu muito da sua alegria, depois que ele foi embora. Mas o amor permanece, com a certeza do reencontro.

"não importa o que você acha que sabe. diante da morte que registra em sua mente o futuro de ausências, você entende que não sabe nada de nada de nada. você volta para casa encolhido e de coração pesado. você não encontra as palavras, embora precise tanto delas. o que será depois desta experiência? não há como apenas retomar, esta é uma das mentiras da existência. você não retoma e não refaz. você segue. ainda atordoado, ainda se sentindo um tanto de nada em um mundo estranho."
(Marcia Benetti)

4 comentários:

✿ chica disse...

Linda homenagem e saudade!!beijos,chica e lindo fds!

Lúcia Soares disse...

A dor já não dói, doída nem doidamente. Mas a saudade nunca vai passar. Temos que nos lembrar do quanto foi bom tê-los.
Beijo!

Mauro S disse...

Oi querida, a saudades é um sentimento que não acaba nunca, ontem me vi pensando em meu pai, que saudades dele, dá pra saber o que você está sentindo.
Forças!
Uma bela homenagem.
Beijos, Mauro

milton@gmail.com disse...

Bela homenagem amiga Ana!

A minha mulher faz 7 anos e quatro meses, que partiu, o que importa nesse momentos são as lembranças boas que tivemos dos mesmos, amanhã somos nós e assim é a vida e tudo é um mistério por mais que buscamos uma resposta para isso tudo nunca vamos saber, só DEUS sabe!

Beijos!

Related Posts with Thumbnails