22.4.10

Sinais

.
Tantas vezes o meu corpo me diz que as coisas precisam mudar...
(E, muitas vezes, prediz futuros saltos e vôos.)
Estou desejando sol, clareza e objetivos.



Há um tempo para tudo. Essa é uma grande verdade.
Meus últimos meses foram de lamber as feridas, pedir colo, me reconhecer triste, surpreendida por tantos acontecimentos, atitudes, desistências, escolhas, sei lá.
Num primeiro momento me senti sem chão. Não entendia nada e nada fazia sentido.
Precisei me adaptar, me acostumar com a idéia de voltar a ser sozinha, me bastar. Claro: senti pena de mim, procurei ajuda, fui fazer terapia.
O tempo foi passando e fui tendo um certo distanciamento daquela situação que estava me fazendo tanto mal.
De longe, vi tudo com mais clareza e não gostei do que vi. Me desencantei, me desiludi, me surpreendi. Constatei o quanto me deixei levar por um sonho idealizado, absolutamente diferente da vida real.
Acordar não foi fácil. Acho que doeu ainda mais.
Mas me libertou.
Soube de coisas que tiveram efeito de eletrochoque. Putz! Não acreditaria em nenhuma delas, se não fossem se confirmando, aos poucos.
Por outro lado, descobri que há um tempo para tudo. Inclusive para curar, cicatrizar, fortalecer.
Nada acontece sem deixar algum aprendizado e não saímos ilesos de uma grande decepção. Mas saímos, isso é certo.
Teve um momento em que senti a necessidade vital de parar de remoer a dor e olhar para fora.
Não sei se isso é instinto de sobrevivência, se é amor próprio, se é capacidade de superação - que nome tem esta vocação para me sentir feliz! E, lá fora, tem sol, tem vida, tem beleza.
Me descubro leve, cheia de sonhos, renovada, inteira. E queria que soubessem disso.

8 comentários:

bel disse...

que bom te ver assim, querida amiga!
felicidades pela nova fase!
beijos!

James Pizarro disse...

PQP !!!
Até que enfim !!!
A larva rompeu o casulo.
E se transformou em borboleta !
Vem voar, guria !!!

Beijo

James Pizarro

Thelma disse...

Ana, que maravilha este teu post! Nós, que te queremos muito, e que não somos poucos, estamos torcendo por ti e pela tua "liberdade". Tu sabes bem que cada coisa tem a sua hora, né? Recentemente, e durante um bom tempo, a surpresa, a dor e a desilusão estiveram presentes na tua vida. Mas isso tem data marcada para terminar....se já não terminou definitivamente. Fica tranquila, Anazen! Para acelerar esse processo, joga o roupeiro toooodo no chão. Experimenta. Isso é incrivelmente terapêutico! Na hora da (re)organização, vais ver que muitas "peças" já não se encaixam na tua vida de hoje. Te desfaz dessas peças - ou pessoas - que já não trazem brilho a tua existência. Sem apego e sem medo de ser feliz, guriazinha!
Olha, Henrique está lindíssimo mesmo!!! Seu olhar é super ligadão. Eu amoo bebê careca e ele está maravilhoso!
Boa sorte, Anazen!!!!!!!!!!!!!!!!!

decorideas disse...

Que Deus ilumine seu caminho Ana.

Mauro S disse...

Que Deus a ilumine, e guie teus passos sempre, beijos, querida, te quero muito bem, Mauro

Ana disse...

♥ ♥ ♥

Obrigada! Vcs são uns queridos e me deixam feliz!

Lúcia Soares disse...

Ana, que bom!
Como tive vontade de lhe mandar email, mas fiquei sem saber até onde estaria invadindo sua privacidade.
Isso não é coisa de amiga! Amiga TEM que invadir o que quiser, pra colocar-nos pro alto...Mas também tem o lado do "tudo passa", e é preciso dar um tempo...
Estou muuuuiiiito feliz por você.
Só você sabe o quando lhe custaram os sorrisos que todas as fotos, nesse tempo, mostravam. Podemos sorrir só com os lábios...
Mas também este seu momento com o neto ajudou muito, tenha certeza.
Por ele, seja sempre feliz!
Bj

KristynaRS disse...

É isso ai Ana Roccana, de longe acompanho teu blog, e senti uma grande vontade de comentar, apesar de ter visto somente comentários de amigos intimos seus. Mas como diz o ditado bola para frente. Atrás de decepções também vem boas e grandes surpresas. Tudo de bom p ti.
KristynaRS

Related Posts with Thumbnails