7.2.10

Olha a minha cara

.


"Eis o melhor e o pior de mim
O meu termômetro o meu quilate
vem, cara, me retrate
Não é impossível, eu não sou difícil de ler"



"Faça sua parte
Eu sou daqui eu não sou de Marte
Vem, cara, me repara
Não vê, tá na cara, sou porta-bandeira de mim"



"Em alguns instantes
Sou pequenina e também gigante
Vem, cara, se declara
O mundo é portátil pra quem não tem nada a esconder"



(Recriando o meu infinito particular.)

5 comentários:

Marcia disse...

cara bem bonita, aliás. :)

Milton disse...

É Ana !

Expressão de maturidade, pés no chão!
agora que a tua estrada esta começando a ficar boa!

Boa sorte !

Ana disse...

:)))

Lúcia Soares disse...

Séria demais! Seu sorriso é tão lindo! Tem lindas fotos com ele, que mostram melhor quem você é, tenho certeza!
No entanto, é preciso alguma introspecção às vezes...Fotos lindas. Bj

Maria Helena disse...

Ana
Bonita, muito bonita, mas o pensamento voando está me dizendo que algo poderia ter sido diferente, mais intenso, mais verdadeiro.Um certo vazio...talvez.
Bjs

Related Posts with Thumbnails