5.6.10

Na Índia, são ensinadas as "quatro leis da espiritualidade":

.


A primeira diz: "A pessoa que vem é a pessoa certa".
Ninguém entra em nossas vidas por acaso. Todas as pessoas ao nosso redor, interagindo com a gente, têm algo para nos fazer aprender e avançar em cada situação.



A segunda lei diz: "Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido".
Nada, nada absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra forma. Mesmo o menor detalhe. Não há nenhum "se eu tivesse feito tal coisa..." ou "aconteceu que um outro ...". Não. O que aconteceu foi tudo o que poderia ter acontecido, e foi para aprendermos a lição e seguirmos em frente. Todas e cada uma das situações que acontecem em nossas vidas são perfeitas



A terceira diz: "Toda vez que você iniciar é o momento certo".
Tudo começa na hora certa, nem antes nem depois. Quando estamos prontos para iniciar algo novo em nossas vidas, é que as coisas acontecem.



E a quarta e última afirma: "Quando algo termina, ele termina".
Simplesmente assim. Se algo acabou em nossas vidas é para a nossa evolução. Por isso, é melhor sair, ir em frente e se enriquecer com a experiência. Não é por acaso que estamos lendo este texto agora. Se ele vem à nossa vida hoje, é porque estamos preparados para entender que nenhum floco de neve cai no lugar errado.


Recebi por email, do Prof. Pizarro. / Imagens daqui.


4 comentários:

Beth/Lilás disse...

Quanta sabedoria estes povo antigos têm, por isso gosto tanto de ler seus pensamentos.
bjs cariocas

Lúcia Soares disse...

Absolutamente certo, Ana.
Me dá arrepios.
A gente sempre quer "culpar" alguém ou alguma coisa, mas tudo o que nos acontece, era pra ser.
São escolhas nossas e das pessoas que cruzam conosco.
Bj

bel disse...

uau!
AMEI!
BEIJOS!

Rosamaria disse...

Ele mandou pra mim também, Ana e eu fiquei feliz porque repassei para uma pessoa que estava precisando e que me agradeceu muito.
Bjim.

Related Posts with Thumbnails